A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/08/2016 08:08

Gaeco faz busca e apreensão de documentos na residência de Olarte

Advogado do ex-prefeito chegou há pouco na casa

Mayara Bueno e Julia Kayfanny
Advogado de Olarte, Jail Azambuja. (Foto: Marcos Ermínio)Advogado de Olarte, Jail Azambuja. (Foto: Marcos Ermínio)

O advogado Jail Azambuja, chegou há pouco na casa do vice-prefeito afastado Gilmar Olarte (PROS), onde, na manhã desta segunda-feira (15), o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) faz uma operação. Ainda não há confirmação do motivo, por parte do MPE-MS (Ministério Público Estadual de MS).

No momento em que chegou na residência, Jail informou à imprensa que não sabia sobre o que se tratava a operação. No entanto, ao se comunicar pelo interfone, Olarte disse que a ação tratava-se apenas de busca e apreensão, sem mandado de prisão. Afirmou que dará mais informações na sequência.

Os policiais então dentro da residência desde o início da manhã, por volta das 6h30, onde também estão dois veículos da família. A rua tem pouca movimentação e vizinhos dizem não ter visto nada. O Gaeco é um braço do MPE (Ministério Público Estadual).

Gilmar Olarte é denunciado da Operação Coffe Break, que investiga suposto esquema para cassar o prefeito Alcides Bernal, em 2014.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions