ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 16º

Política

Ganhando diárias gordas, vereadores de MS trocam cidade por semana em Brasília

Câmara de Água Clara exportou 8 dos 11 vereadores para evento no Distrito Federal

Por Aline dos Santos | 23/04/2024 11:47


Vereadores Simone, Ricardo, Márcio, Lelilane (primeira linha) e Claudio, Fernando, Elizeu e Saylon. 
Vereadores Simone, Ricardo, Márcio, Lelilane (primeira linha) e Claudio, Fernando, Elizeu e Saylon.

O cidadão de Água Clara que quiser, nos próximos dias, encontrar os vereadores eleitos para legislar no município vai precisar viajar mais de 800 quilômetros até Brasília. É que oito dos 11 vereadores da Câmara Municipal vão permanecer no Distrito Federal de hoje até sexta-feira (dia 23). Todos participam da XXIII Marcha dos Gestores e Legislativos Municipais, uma realização da UVB (União do Vereadores do Brasil).

Aparentemente, o deslocamento não afeta o trabalho, pois as sessões são realizadas somente às segundas-feiras, mas impacta no bolso da população. Conforme dados do Portal da Transparência da Câmara Municipal de Água Clara, cada vereador vai receber R$ 5.760 em diárias, enquanto um servidor terá direito a R$ 4.400 pela viagem. Portanto, são R$ 50.480. Neste mês, o total de diárias já chega a R$ 124.170. De janeiro a abril, os gastos somam R$ 268.648.

De 11 vereadores, oito receberam diárias para o evento em Brasília. A lista tem o presidente da Casa de Leis, Márcio Cezar Garcia Cândido (Podemos) e os vereadores Cláudio de Souza Ferreira (PSDB), o Craque; Ricardo Moreira da Costa (PTB); Leiliane Francisca Freitas da Silva (PDT); Simone Oliveira Batista (MDB), a Simone Xucra; Fernando Roberto Batista de Souza (Republicanos); Elizeu Pereira da Silva (PSD) e Saylon Cristiano de Moraes (PDT).

O salário dos vereadores é de R$ 7.596. Enquanto que a média mensal de rendimento na cidade chega a 2,8 salários mínimos (R$ 3.984). Água Clara tem 16.741 habitantes.

Nesta terça-feira (dia 23), o presidente da Casa de Leis afirmou que a marcha é o principal evento político do ano para os vereadores  de todo o País, reunindo mas de quatro mil legisladores,  palestras de especialistas e figuras políticas de destaque, como o vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB).

"Desde o ano de 2021, pós pandemia, a Câmara Municipal de Água Clara marca presença com seu corpo legislativo composto atualmente por 11 vereadores e pelo jornalista concursado e efetivo para realizar cobertura fotográfica, midiática e jornalística tanto do evento quanto das visitas parlamentares que visam a trazer recursos para a população de Àgua Clara", diz Márcio Cezar.

Na sequência, ele detalha que no ano passado os vereadores Saylon, Ricardo e Léo trouxeram, por meio do deputado federal Dagoberto Nogueira (PSDB),  R$ 481 mil em pavimentação asfáltica.

Já em 2021, ele detalha que a marcha rendeu aparelho raio-x (valor de  R$ 549 mil) devido a ida ao gabinete da então deputada federal Rose Modesto (União Brasil).

"Além disso, as vereadoras Léo e Simone Xucra sempre conquistaram o troféu UVB Destaque Nacional, uma honraria concedida a vereadores que se destacam pela atuação dentro de seu município. Sendo assim, a viagem a Brasília, a capital federal do Brasil, local que se encontram deputados federais, senadores e autoridades políticas que podem ser eventuais fontes de recursos à Água Clara neste evento é de suma importância, é um investimento e os valores galgados nestas idas superam as despesas", garante o presidente da Casa de Leis.

As sessões do Poder Legislativo Municipal de Água Clara são realizadas somente às segundas-feiras, às 19h. "Em nenhuma viagem, absolutamente nenhuma, as sessões foram canceladas , pois os deslocamentos acontecem a partir da terça-feira e se estende até sexta, ou seja, não afeta em nenhum grau os trabalhos legislativos da casa realizados na segunda-feira", afirma o vereador.

No ano passado, o presidente da Câmara de Água Clara recebia praticamente um salário a cada viagem para cursos representando a Casa de Leis. De fevereiro a 16 de maio de 2023, três deslocamentos renderam R$ 7.200 por viagem, sendo o salário do vereador de R$ 7.596. Na ocasião, em entrevista ao Campo Grande News, ele declarou que buscava cursos e treinamentos para trabalhar com eficiência.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias