A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

13/05/2013 08:28

Gastos públicos continuam em sigilo na Assembleia de Mato Grosso do Sul

Luciana Brazil

Um ano depois de entrar em vigor a Lei de Acesso à Informação, os gastos públicos da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul seguem ocultos. A falta de transparência se repete em14 das 26 assembleias do País, segundo uma pesquisa feita pelo jornal O Globo.

Em Mato Grosso do Sul, por exemplo, não está disponível a relação dos servidores, comissionados, terceirizados e parlamentares. É preciso ter senha para acessar qualquer link, o que impede o acesso da população em geral. A maior parte dos dados também não está atualizado até 2013.

Assim como em outros estados, o sigilo acontece nas folhas de pagamento dos funcionários da assembleia de Mato Grosso do Sul.

À época, a Casa informou ao jornal que iria verificar o motivo da ausência de dados.

Segundo a pesquisa, apenas as assembleias do Rio de Janeiro e Espírito Santo divulgam os nomes completos dos servidores, juntamente com seus salários, em uma planilha única.

A reportagem tentou contato com o presidente da assembleia do Estado, Jerson Domingos (PMDB), mas não obteve resultado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions