A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

19/08/2015 11:06

Governador pede solução rápida para crise política em Campo Grande

Edivaldo Bitencourt e Leonardo Rocha
Governador destacou que o importante é uma solução rápida na Capital (Foto; Marcos Ermínio)Governador destacou que o importante é uma solução rápida na Capital (Foto; Marcos Ermínio)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) defendeu, na manhã desta quarta-feira (19), solução rápida para a crise política instalada em Campo Grande. No entanto, o tucano evitou se posicionar contra ou a favor o prefeito da Capital, Gilmar Olarte (PP).

Ele defendeu que a decisão sobre a investigação do prefeito e o eventual afastamento do cargo compete à Câmara Municipal e ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. Na semana passada, o TJMS aceitou denúncia por corrupção passiva e lavagem de dinheiro contra Olarte. Pela Lei Orgânica Municipal, ele deveria ser afastado do cargo por 180 dias, mas a decisão vai ser tomada pelo plenário da Câmara Municipal.

No entanto, o governador frisou que o problema deve ser resolvido logo, porque a população espera trabalho dos gestores públicos. Ele disse que só o trabalho por ajudar o País a sair da crise econômica atual.

Reinaldo também descartou fazer análise sobre qual saída é o melhor para a Capital. “Não vou trabalhar com hipótese”, ressaltou.

Ele concluiu que o Estado está fazendo sua parte em fortalecer ações de segurança e na saúde.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions