ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 19º

Política

Ruas de 79 cidades devem ser asfaltadas em 7 anos

Governador fez projeção no lançamento do programa "MS Ativo", que prevê R$ 7,5 bilhões em investimentos

Por Anahi Zurutuza e Fernanda Palheta | 22/04/2024 20:24
Governador Eduardo Riedel (PSDB) durante coletiva de imprensa na noite desta segunda-feira (22) (Foto: Juliano Almeida)
Governador Eduardo Riedel (PSDB) durante coletiva de imprensa na noite desta segunda-feira (22) (Foto: Juliano Almeida)

Nos planos do governador de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel (PSDB), em seis ou sete anos, todas as ruas das 79 cidades do Estado estarão pavimentadas. Ele fez a projeção durante coletiva de imprensa, na noite desta segunda-feira (22), após o lançamento do programa “MS Ativo” – Municipalismo, que até 2026 prevê R$ 7,5 bilhões em investimentos.

Riedel não teme dizer que pode não ser ele o governador a entregar a pavimentação da última rua sem asfalto de Mato Grosso do Sul, mas afirma que, como gestor, pretende planejar a receita estadual para garantir que esse investimento seja feito.

“É um processo longo, a conta é básica, 3.700 km de asfalto são quase R$ 7 bilhões em investimentos. A gente vai conseguir avançar muito. Em três anos [2024, 2025 e 2026], a gente avançar bastante esse percentual [de ruas não pavimentadas], mas não concluir. A não ser haja uma mudança muito significativa do ponto de vista de receita do Estado. Aí quem for o governador na próxima gestão pode dar sequência. Eu imagino que a gente possa ver um estado daqui a seis, sete anos sem nenhuma rua não pavimentada nos municípios”, projeta Riedel.

O governador também pretende avançar na pavimentação de rodovias e conseguir asfaltar 5 mil km de estradas de chão. “Eu imagino que daqui a 10 anos, as rodovias estarão pavimentadas. Essa é uma visão que a gente tem que ter do Estado”.

Futuro – Conforme planejamento da Seilog (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística), serão R$ 966,4 milhões de obras a contratar ou conveniar em 2024. Elas estão divididas da seguinte forma:

  • R$ 653,9 milhões para infraestrutura urbana (pavimentação, recapeamento e drenagem);
  • R$ 137,1 milhões para obras civis (construções e reformas de prédios da segurança, da saúde e da cultura);
  • R$ 175,4 milhões para obras aeroportuárias.

Para 2024, há a programação de colocar em andamento um total de R$ 2,5 bilhões em investimentos. Já para 2025 e 2026, há R$ 5 bilhões programados. São, portanto, R$ 7,5 bilhões em três anos.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias