A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Março de 2019

28/12/2018 13:34

Governo cumpriu 90% das metas fixadas para 2018, diz Riedel

Secretário Eduardo Riedel apresentou as metas que foram cumpridas no ano

Leonardo Rocha
Secretário Eduardo Riedel durante apresentação de balanço (Foto: Edemir Rodrigues/Governo MS)Secretário Eduardo Riedel durante apresentação de balanço (Foto: Edemir Rodrigues/Governo MS)

O governo estadual cumpriu 90,24% das metas estabelecidas neste ano, nas dez secretarias, além das autarquias e fundações públicas. Este dado foi repassado pelo secretário estadual de Governo, Eduardo Riedel, durante divulgação do balanço de ações anuais, da gestão tucana. Ele mencionou que os resultados foram acima da expectativa.

“Mostra que o Governo teve foco e capacidade na seleção dos projetos executados, com resultados extraordinários à população e ao desenvolvimento do Estado”, O secretário ponderou que este contrato de metas fixado aos secretários no começo do ano, tem justamente a intenção de priorizar as ações mais importantes, já que as demandas são maiores que o orçamento.

“Foram mais de 70 iniciativas planejadas, que em sua maioria foi cumprida. As que ficaram de fora das entregas é por questão financeira”. Riedel ponderou que as áreas essenciais, como saúde, segurança, educação e infraestrutura forem bem contempladas.

Entre os destaques citou o avanço na “regionalização” da saúde, assim como entrega do Hospital do Trauma e andamento em unidades no interior, bem como a “Caravana nas Escolas”. Na segurança lembrou da redução da maioria dos índices de criminalidade, assim como a discussão junto a União e demais estados, para “blindar” a fronteira.

Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e o secretário Eduardo Riedel (Foto: Paulo Francis)Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e o secretário Eduardo Riedel (Foto: Paulo Francis)

Escolas - Na educação, indicou a melhoria na estrutura de mais de 300 escolas, assim como ampliação de escolas integrais e o pagamento do “maior salário” aos professores do País.

No setor cultural mencionou a manutenção de festivais e políticas públicas de fomento. “Vai voltar a ser apenas fundação, mas sem perder a capacidade de ações, somente terá uma estrutura mais enxuta”.

Para infraestrutura, o governo ainda fez 15 pontes de concreto, pavimentação de 100 km de rodovia e 130 (km) de manutenção. Ao todo foram 1.100 obras nos primeiros quatro anos. Outra novidade foi a CGE (Controladoria-Geral do Estado), que assumiu a transparência e fiscalização interna. “São auditores de carreira que fazem ações preventivas e de investigação”.

Parcerias – Riedel reconheceu que as três parcerias público-privadas do governo foram paralisadas durante o período eleitoral, no entanto segundo ele, já estão em andamento, podendo ser finalizadas em 2019. Entre elas está a de saneamento básico, distribuição de internet para interior por meio de fibra ótica e parceria para melhorias em rodovias.

Outro fator de destaque é que Mato Grosso do Sul é o estado que mais tem convênios com a União. “Estamos a frente até de São Paulo”. O secretário não esqueceu de mencionar adequações na Jucems (Junta Comercial do Estado de Mato Grosso do Sul ), que segundo ele, deu mais agilidade aos processos de abertura de empresas. “Hoje se leva apenas cinco dias para abrir”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions