A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/07/2016 17:09

Governo repassa R$ 7 milhões à Uems; outros R$ 1,4 milhão vão para medicina

João Humberto e Alberto Dias
Governador Reinaldo Azambuja assinando convênio de repasse de dinheiro para garantir melhorias na UEMS (Fotos: Marina Pacheco)Governador Reinaldo Azambuja assinando convênio de repasse de dinheiro para garantir melhorias na UEMS (Fotos: Marina Pacheco)

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), participou nesta tarde, no auditório da governadoria, em Campo Grande, da assinatura de convênio de R$ 7 milhões para repasse à Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul). Ele também reiterou que a SES (Secretaria de Estado de Saúde) lançou edital, já na praça, no valor de R$ 1,4 milhão para aquisição de materiais e livros ao curso de medicina.

Os recursos do convênio para a Uems serão repassados pelo governo à Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul) e a verba investida na melhoria dos 70 cursos da instituição, com limite de R$ 100 mil para graduação e R$ 200 mil para pós-graduação (mestrado e doutorado).

Segundo a Fundect, ao todo, foram aprovados 63 projetos, sendo 50 para cursos de graduação e 13 para cursos de pós. De acordo com Reinaldo, “estamos buscando a melhoria da educação como um todo e isso abrange desde melhores ambientes até salários de professores. Queremos que os alunos cheguem bem preparados para a universidade”.

No auditório estavam acadêmicos do curso de medicina da UEMS, que pediram melhorias para a implantação dos laboratórios de anatomia e histologia. Azambuja disse que o edital de R$ 1,4 milhão pode ajudar nesse sentido.

Acadêmica de medicina foi ao local protestar por mais melhorias no curso, como construção de laboratórios de histologia e anatomia Acadêmica de medicina foi ao local protestar por mais melhorias no curso, como construção de laboratórios de histologia e anatomia
Reitor da UEMS disse que não houve prejuízo em relação às aulas laboratoriais dos acadêmicos de medicina Reitor da UEMS disse que não houve prejuízo em relação às aulas laboratoriais dos acadêmicos de medicina
Diretor-presidente em exercício da Fundect falou que recursos serão investidos em todos os cursos da universidade Diretor-presidente em exercício da Fundect falou que recursos serão investidos em todos os cursos da universidade

Para Jéssica Salomão Borges, 20 anos, acadêmica da 2ª turma de medicina da UEMS, a falta dos dois laboratórios e outros investimentos ao curso causam revolta nos alunos. Eles promoveram há duas semanas um protesto para deixar clara a necessidade de mudanças no curso.

O reitor da UEMS, Fábio Edir dos Santos Costa, ressaltou que não houve prejuízo em relação às aulas laboratoriais dos acadêmicos de medicina devido a convênios com a Faculdade Estácio de Sá e unidade da Unigran (Centro Universitário da Grande Dourados) na Capital.

Artur Vieira dos Santos, diretor-presidente em exercício da Fundect, explicou que os recursos provenientes da assinatura de convênio, serão investidos em todos os cursos da universidade. Questionado a respeito dos limites de verba para cada curso, a exemplo o de medicina, ele informou que parte do dinheiro ajudará na estruturação, mas existem outras ações da reitoria da universidade voltadas para suprir deficiências específicas do curso de medicina.

Santos ainda falou que o dinheiro destinado para cada curso é destinado por meio de processos feitos por coordenadores do curso.

Governador assina repasse de R$ 7 milhões para cursos da UEMS
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) vai assinar nesta segunda-feira (11), a partir das 15h, o repasse de R$ 7 milhões para UEMS (Universidade Estad...
UEMS vai abrir 450 vagas para educação a distância em oito cidades
A UEMS (Universidade Federal Mato Grosso do Sul) vai abrir 450 novas vagas para educação a distância, em oito cidades diferentes do Estado. Os cursos...
UEMS abre inscrição para composição da Comissão Permanente de Capacitação
As inscrições para a composição da CPC (Comissão Permanente de Capacitação), da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) seguem até 30 de j...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions