A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/08/2009 17:06

Governo retoma área de Corumbá para fazer 1,2 mil casas

Redação

Nesta quinta-feira, o governador André Puccinelli (PMDB) vistoriou uma área de 62 hectares pertencente ao Governo do Estado, que vai abrigar o Residencial Conquista Guatós, com 1.275 lotes, sendo 1.200 destinados para a construção de casas e o restante para unidades comerciais.

O governo do Estado retomou a área que era cedida a prefeitura de Corumbá que não tinha edificado nada no local. A meta é entregar as 1.200 casas no prazo de um ano.

De acordo com Puccinelli o governo do Estado pediu apoio da prefeitura municipal de Corumbá durante muito tempo para que destinasse terreno para a construção de ate mil casas.

"Depois de esgotadas todas as possiblidades, nós retomamos uma área que era do Estado cedida a prefeitura que não tinha edificado nada em cima e graças ao apoio de vereadores e deputados estaduais uma área que é nossa hoje abrigara 1.275 lotes", afirmou.

Corumbá é o único dos 78 municípios que ainda não foi beneficiado com moradias do programa habitacional do governo do Estado. Isso porque a administração municipal até o momento não disponibilizou lotes para a edificação de casas, premissa da parceria com os governos estadual e federal para garantir o benefício às famílias de baixa renda em todas as localidades. A todo município, cabe sempre a contrapartida de doação do terreno e R$ 2 mil por unidade habitacional.

"Infelizmente não tivemos a oportunidade da prefeitura de Corumbá destinar terrenos, então o terreno é do Estado e o dinheiro para a construção das casas também é do Estado. Temos parceria com vereadores para que possamos aprovar rapidamente o loteamento para que construamos as casas e antes do termino do meu mandato e fazer com que todas as 1.200 famílias possam criar seus filhos nas casas", ressaltou Puccinelli.

Em entrevista o governador disse que os recursos para a construção das casas serão próprios. "Temos cerca de R$ 18 milhões de reais para a construção das casas sem contar com os terrenos, a água e a eletrificação que será necessária. As obras iniciam de imediato e já no mês de setembro deste ano já começa a construção das primeiras casas e vamos ver se no prazo de 12 meses consigamos entregar as 1200 casas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions