A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

25/03/2015 14:58

Governo reúne oftalmologistas para detalhar Caravana da Saúde

Kleber Clajus
Representantes de sindicato dos oftalmologistas e o  governador se reuniram hoje para tratar de apoio as ações da Caravana da Saúde (Foto: Divulgação)Representantes de sindicato dos oftalmologistas e o governador se reuniram hoje para tratar de apoio as ações da Caravana da Saúde (Foto: Divulgação)

Com intenção de realizar 16,5 mil cirurgias oftalmológicas, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) recebeu hoje a Asoft (Associação Sul-Mato-Grossense de Oftalmologia) para falar das ações da Caravana da Saúde, em Mato Grosso do Sul. A primeira cidade a ser atendida será Coxim, município distante 260 quilômetros de Campo Grande.

“Vamos realizar esse serviço sempre levando em conta o bem estar da população do Estado. A participação das associações enriquecem e dão mais credibilidade para os serviços oferecidos pela Caravana da Saúde”, pontuou Reinaldo, após reunião hoje (25) com a categoria.

A categoria garantiu que vai participar de maneira ativa no programa, que visa reestruturar a saúde no Estado.

Segundo Álvaro Hilgert e Elson Yamasato, membros da diretoria da Asoft e que estiveram hoje com o governador, o "descontentamento inicial de parte da categoria em relação ao programa do Governo do Estado denominado Caravana da Saúde, abriu o diálogo com a Secretaria de Estado de Saúde para uma maior participação da Asoft no referido programa, que visa à reestruturação da saúde pública em nosso Estado".

No cronograma de ações, lançado no dia 16 de março, o governo prevê atendimento complementar de saúde e 18 mil procedimentos cirúrgicos na Capital e 11 microrregiões do Estado.

Além de reforço na oftalmologia, especialidades como ortopedia, urologia, ginecologia e cirurgia geral contarão com 14 veículos e 170 profissionais para realização de consultas e exames.

Coxim será a primeira cidade a receber, no domingo (29), a estrutura móvel por 15 dias, além de contar com atendimentos no Hospital Regional e consultórios instalados na Escola Estadual Pedro Mendes Fontoura.

Equipes itinerantes devem agendar as consultas e, se necessário, os procedimentos cirúrgicos. A perspectiva é de que cidades vizinhas como Alcinópolis, Sonora, Pedro Gomes e Rio Verde também sejam beneficiadas pelas ações.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions