A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

20/12/2013 13:14

Governo socorre hospitais e repassa R$ 6,6 milhões para ajuda no 13º

Bruno Chaves e Leonardo Rocha
Evento foi realizado na Governadoria e contou com a presença de autoridades (Foto: Edemir Rodrigues)Evento foi realizado na Governadoria e contou com a presença de autoridades (Foto: Edemir Rodrigues)

O Governo do Estado repassou hoje (20) R$ 6,6 milhões para 42 entidades filantrópicas da área da saúde. Hospitais de 19 cidades de Mato Grosso do Sul receberam socorro para o pagamento do 13º salário, além do custeio e compra de medicamentos.

A prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura (PMDB), ressaltou que o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora receberá R$ 750 mil. “Essa ajuda atende ao hospital que poderá arcar com as contas do final do ano e ainda suprir as necessidades em relação aos medicamentos e atendimentos”, disse.

O diretor administrativo do Nossa Senhora Auxiliadora, Eduardo Otoni, revelou que o hospital atende cerca de três mil pessoas por mês. Ele informou que 500 funcionários atuam na entidade e que a ajuda recebida do governo fará que a instituição termino o ano com as contas no azul.

Superintendente do Hospital Evangélico de Dourados, Maurício Peralta destacou que a situação dos hospitais do Estado está difícil. “A maioria termina o mês no déficit, pois os recursos do SUS (Sistema Único de Saúde) são insuficientes”, afirma.

Peralta contou que o repasse recebido pelo hospital será em torno de R$ 1,1 milhão. Ele destacou que a folha mensal de pagamento de funcionários gira em torno de R$ 1,3 mil milhão. “Temos 980 funcionários e nosso déficit mensal é de R$ 700 mil”, afirma.

Na Capital, uma das entidades beneficiadas foi o Hospital do Câncer, que receberá R$ 300 mil, conforme divulgou o diretor-presidente Carlos Coimbra. “O repasse vai ajudar no pagamento de dívidas anteriores e na quitação do 13º salário.

Coimbra ressaltou que o Hospital do Câncer possui R$ 2,6 milhões em dívidas. A entidade realiza R$ 6,5 mil procedimentos por mês, entre elas estão atendimentos, cirurgias e tratamentos. O gasto da folha salarial é de R$ 300 mil mensais.

Eduardo Otoni do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora de Três Lagoas (Foto: Marcos Ermínio)Eduardo Otoni do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora de Três Lagoas (Foto: Marcos Ermínio)

Fôlego – Ao todo, o governo repassou R$ 6.687.568,20 aos 42 hospitais. O secretário de Estado de Saúde, Antônio Lastória, afirmou que essa ajuda será fundamental para que os hospitais filantrópicos possam pagar suas contas no final do ano.

“Os hospitais tinham pedido R$ 9 milhões e o governo conseguiu repassar 6,6 milhões, ou seja, 60% do que pediram. Será um fôlego maior”, definiu.

O governador André Puccinelli (PMDB) contou que realizou reunião no último dia 16 para saber se o Governo tinha condições de ajudar aos hospitais. Depois da análise da contabilidade, ele conseguiu juntar os recursos e chegar a quantia de R$ 6,6 milhões.

“São 19 municípios que trabalham em gestão plena de saúde e deveriam receber ajuda das prefeituras e não do governo, mas como sou médico, fico sensibilizado com a situação e resolvi contribuir”, explicou.

Os valores repassados foram de acordo com gastos salariais que os hospitais têm com seus funcionários. “Espero que ano que vem nossa ajuda seja maior que este ano”, afirmou ao se emocionar.




A patroa é uma só...Está na hora de acabar com estas doações milionárias com dinheiro público, a essas entidades, ditas filantrópicas e utilizá-lo na manutenção/melhorias e construções de hospitais públicos. É um saco sem fundo sem os devidos controles e muito menos sem os esperados resultados. Falta gestão HONESTA; dinheiro tem; e ainda a Presidente Dilma Noel dá 13,2, 13,7 14,2 % do futuros orçamentos à Saúde...
 
Oswaldo Rodrigues em 20/12/2013 15:57:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions