A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

26/05/2011 11:39

Demora na indicação para o TCE gera polêmica na Assembleia

Vanda Escalante e Ítalo Milhomem

Requerimento indicando Arroyo teve 18 assinaturas, mas ainda não foi protocolado.

A demora da Assembleia Legislativa na indicação formal de um nome para ocupar a vaga no TCE (Tribunal de Contas do Estado) gerou polêmica na sessão desta quinta-feira (26). O deputado Paulo Duarte (PT) foi à tribuna para questionar essa morosidade, já que os parlamentares apresentaram requerimento com 18 assinaturas em favor da candidatura de Antonio Carlos Arroyo (PR).

Há 3 meses a vaga está aberta. Em aparte, os deputados Alcides Bernal (PP) e Mara Caseiro (PTdoB) também manifestaram insatisfação com a demora em se protocolar o requerimento, procedimento que equivale à oficialização da candidatura do deputado à vaga e é necessário para que o TCE possa dar andamento ao processo.

De acordo com Paulo Duarte, há três possibilidades para que se resolva a questão: ou o requerimento é protocolado e o processo segue conforme estava planejado, ou os deputados retiram suas assinaturas do requerimento e fazem a indicação de outro nome, ou ainda o próprio deputado Arroyo retira sua candidatura abrindo espaço para que outro parlamentar seja indicado.

Em resposta aos questionamentos, o deputado Arroyo afirmou que vai aguardar até a próxima semana, uma vez que ainda nem teria visto o documento assinado por 18 dos 24 deputados em favor de sua candidatura à vaga no TCE.

O presidente da Assembleia, deputado Jerson Domingos (PMDB) chegou a afirmar que esperava o “start” (palavra em inglês que significa começo) do governador André Puccinelli (PMDB) para que fosse iniciado o processo sobre a vaga no TCE. A discussão sobre a indicação de um nome para o Tribunal de Contas perdura desde março. O indicado vai ocupar a vaga de Celina Jallad, que morreu no dia 28 de fevereiro.



Se senadora Marisa for para o TCE o Mato Grosso do Sul será manchete nacional de forma negativa, por conta do Sr. Antonio Russo. Será um 'TAPA NA CARA DA SOCIEDADE HONESTA"!!!!!
 
Fernando Oliveira Santos em 26/05/2011 12:15:02
Esperando start?
Mas é do outro mundo isso né?
A vaga não é deles?
Deviam é com essa palavra, os outros 23 fazerem uma cpi e tirarem o presidente.
Ficou feio para o "homi" agora.
Acabou de comprovar q não manda nada ou tá mais amarrado.............
 
Orlando Lero em 26/05/2011 11:49:57
Esse "Tribunal de Contas do Estado" deveria ser extinto a bem do serviço público. Onde já se vui político fiscalizar político......
 
jose alfredo de melo em 26/05/2011 05:59:03
Em MS tudo é diferente. Até a frase " a coisa ta russa" virou sinonimo de alegria em nosso estado, pois alguns políticos estão esclarecendo que "a coisa ta ficando ru$$a" não significa mau negócio......entendeu?
 
Francisco Rodrigues em 26/05/2011 04:02:07
Também to indignada com tanta notícia ruim do nosso estado. É terrível ter que ouvir que MS virou "Muita Sujeira". O pior é que é verdade. Onde vamos parar?
 
Eliza Pascoal Santos em 26/05/2011 03:53:55
Mato Grosso do Sul virou notícia: "mensalão" em todos os poderes; república de "MS" dando golpe em Campinas; etc. Agora a cereja do bolo é o Sr Antonio Russo! Não falta mais nada! Dizem que a sigla MS significa Muita Sujeira! Que vergonha para nós su-mato-grossenses!!!!!
 
Alice Maria Torres em 26/05/2011 03:31:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions