A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

16/11/2010 09:50

Justiça toma primeiros depoimentos em ação da Uragano

Redação

A Justiça realiza nesta manhã, em Dourados, a primeira audiência do processo contra os envolvidos na Operação Uragano que, em setembro, derrubou o comando da prefeitura da cidade, mandando para a cadeia até o prefeito afastado Ari Artuzi (ex-PDT).

Foi montado um forte esquema de segurança para ouvir 10 testemunhas de acusação.

Uma das testemunhas arroladas é a atual prefeita Delia Razuk (PMDB), que assumiu o cargo em substituição ao juiz Eduardo Machado Rocha, que ficou provisoriamente no cargo por causa da prisão do prefeito, do vice, Carlinhos Cantor e do presidente da Câmara dos Vereadores, Sidlei Alves, que formavam a linha sucessória.

A Operação Uragano foi realizada pela Polícia Federal em setembro deste ano e indiciou 60 pessoas, entre vereadores, empresários e funcionários públicos, além da primeira-dama, Maria Aparecida Artuzi, por envolmento em um esquema de desvio de dinheiro público.

O prefeito Ari Artuzi, que seria o chefe da quadrilha, conforme apontado pela denúncia do MPE (Ministério Público Estadual), é alvo de outro processo, que corre no TJ (Tribunal de Justiça), por causa do foro privilegiado.

Tanto a ação da primeira instância quando em segundo grau ocorrem em segredo de justiça.

(Com informações do Dourados Agora)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions