A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

10/10/2013 13:25

Kemp aciona União pedindo “reabertura” de acordo sobre demarcações

Leonardo Rocha
Deputado diz que irá enviar documento pedindo o retorno das negociações ao Ministério da Justiça (Foto: Divulgação)Deputado diz que irá enviar documento pedindo o retorno das negociações ao Ministério da Justiça (Foto: Divulgação)

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) revelou que irá enviar na próxima segunda (14) um documento contendo todas as informações sobre os últimos conflitos indígenas do Estado ao Ministério da Justiça requisitando a “reabertura” das negociações com os índios e produtores rurais para evitar novas tragédias em Mato Grosso do Sul.

“Estamos cansados de esperar uma solução, as negociações estavam em um ritmo bom, porém após o fracasso dos TDAs (Título da Dívida Agrária), as ações estão paradas e novas invasões acontecendo”, afirmou Kemp.

De acordo com o deputado, seis propostas já foram apresentadas ao governo federal e a União precisa dar um encaminhamento nesta situação. “Estamos em um espaço de tempo sem propostas, índios voltaram a acampar, avançando sobre as áreas e fazendeiros buscando a reintegração na justiça, não queremos mais mortes, e sim uma solução pacífica”, ponderou.

O deputado Felipe Orro (PDT) destacou que a impressão que fica é que o governo federal só tem ação quando é pressionado ou a situação ganha repercussão nacional. “Só funciona sob tensão, desde a Constituição (Federal) de 1988 prevê o prazo  de cinco anos para demarcação, já são 25 anos sem solução o que culminou neste conflito”.

Orro destaca que os índios precisam ter suas terras demarcadas e os proprietários rurais receberem pela área correspondente. O governador André Puccinelli (PMDB) já ponderou que caso ocorram novas mortes de índios ou policiais a culpa é toda da União.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions