A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/07/2013 15:58

LDO tem recorde de emendas e Bernal diz que é “colcha de retalhos”

Zemil Rocha
Bernal terá 75 emendas na LDO; Nelsinho teve só 4 no ano passado (Foto: Marcos Ermínio)Bernal terá 75 emendas na LDO; Nelsinho teve só 4 no ano passado (Foto: Marcos Ermínio)

O prefeito Alcides Bernal reclamou esta tarde do recorde de emendas ao projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014 aprovadas pelos vereadores. “A Lei de Diretrizes Orçamentárias que enviei aos vereadores sofreu recorde de emendas, virou uma colcha de retalhos”, afirmou Bernal.

Trata-se realmente de um recorde histórico, decorrente principalmente do fato de Bernal ter minoria na Câmara de Campo Grande. Das 115 emendas apresentadas, 75 foram aprovadas na sessão desta terça-feira. No último ano da gestão de Nelsinho Trad (PMDB), por exemplo, 34 emendas foram apresentadas pelos vereadores em junho de 2012, sendo só quatro aprovadas e incorporadas ao texto da Lei de Diretrizes Orçamentárias que vale para 2013.

Projeto mais importante deste primeiro semestre, o LDO de 2014 estima em R$ 2,716 bilhões o valor global de receita e despesa para o município de Campo Grande no ano que vem. Neste ano de 2013, o Orçamento de Campo Grande é de R$ 2,7 bilhões, um acréscimo de 15,43% em relação à peça orçamentária de 2012, que teve valor de R$ 2,4 bilhões. A estimativa conservadora para o Orçamento de 2014 foi muito criticada na Câmara.

Emendas aprovadas - Entre as 75 emendas ao projeto de LDO aprovadas hoje, destacam-se a Criação do Parque dos Poderes do município; revitalização da antiga rodoviária; informatização e integração para o transporte urbano e mais terminais de transbordo; melhorias para Defesa Civil; criação do hospital municipal infantil; políticas públicas para o agronegócio; e avaliação do desempenho dos servidores.

Há ainda previsão para: construção de escolas de tempo integral em todas as regiões da Capital; reforço da segurança em espaços públicos; que nenhum recurso para combate a violência contra a mulher seja ‘desviado de função’; contribuição contra discriminação; internet grátis em toda a cidade e plano de cargos e carreiras.

Outras emendas preveem profissionalização de jovens e adultos e também para a área social, melhorias na Defesa Civil; espaço específico para shows e eventos culturais e mais atenção aos Conselhos Tutelares.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions