A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

06/10/2012 16:10

Maioria dos eleitores são mulheres, solteiros e não estudaram nem até o 9º ano

Quem somos nas urnas? Estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral traçam o perfil de quem vai votar neste domingo

Paula Maciulevicius
Mulheres, solteiros e eleitores entre 25 e 34 anos. Este é o perfil de quem vota por MS neste domingo. (Foto: Arquivo/João Garrigó)Mulheres, solteiros e eleitores entre 25 e 34 anos. Este é o perfil de quem vota por MS neste domingo. (Foto: Arquivo/João Garrigó)

Em números nesta eleição para prefeito e vereador somos 1,77 milhão de eleitores em todo Mato Grosso do Sul. Quem vota em Campo Grande corresponde a 31%, pouco mais de 561 mil pessoas que vão comparecer às urnas neste domingo.

O perfil do eleitor sul-mato-grossense é, pelas estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral de mulheres, na maioria. Elas quem tem voto e voz nestas eleições, desde quando representam 51,4% dos eleitores. Em números, 912,4 mil contra 862,6 mil do público masculino.

Além dos dados ressaltarem que são elas a grande parte responsável pela escolha dos governantes, do 1,77 milhão de eleitores em Mato Grosso do Sul, 64% deles são solteiros e podem ser considerados jovens eleitores, já que deste total, 421 mil tem entre 25 e 34 anos.

Quem vota por opção nestas eleições corresponde a uma pequena parcela que tem entre 16 e 17 anos e acima dos 70. Os menores de 18 anos, idade em que votar ainda não é obrigatório, são 399,8 mil em todo o Estado. Os idosos que encerram a obrigação aos 70 anos podem continuar indo às urnas. As estatísticas mostram que 113,2 mil dos eleitores mais experientes seguem escolhendo os governantes. O número corresponde àqueles que estão com 70 anos para cima.

Só para a Capital, a faixa etária que lidera a quantidade de eleitores, com 136,6 mil, também está entre os 24 e 35 anos. Quando o assunto é o grau de instrução, a massa eleitoral em Campo Grande tem ensino fundamental incompleto. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, dos pouco mais de 561 mil eleitores, 166 mil deles não chegou a concluir o 9° ano da escola. Com diploma universitário são apenas 6,8% da população eleitoral. Em torno de 38,6 mil, que vão escolher prefeito e vereador para os próximos quatro anos, tem ensino superior completo.   

O quantitativo contabilizado pelo Tribunal Superior Eleitoral mostra que para esta eleição somos 157 mil a mais do que na última campanha para vereador e prefeito. Há quatro anos, eram 1,61 milhão de eleitores. Os números crescem, os anos passam, mas a responsabilidade de votar com consciência continua, seja em qual perfil o eleitor se encaixe, analisar e votar com seriedade é lição para todos.



" ... Quando o assunto é o grau de instrução, a massa eleitoral em Campo Grande tem ensino fundamental incompleto. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, dos pouco mais de 561 mil eleitores, 166 mil deles não chegou a concluir o 9° ano da escola. Com diploma universitário são apenas 6,8% da população eleitoral..." Eis ai um dado preocupante: Por que nossa gente não está indo adiante nos estudos? É preciso refletir e buscar mudanças positivas para essa realidade.
 
Fernando Silva em 06/10/2012 23:38:23
Isso explica o porque da politica (políticos) ser como é hoje.

Enquanto o voto não for facultativo o "brazil" não anda!
 
Marcio Brunholi em 06/10/2012 17:18:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions