A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

09/02/2011 15:02

Mais de 23 mil eleitores podem ter título cancelado em MS

Fabiano Arruda

Mais de 1,4 milhão de eleitores podem ter documento cancelado no País

Em Mato Grosso do Sul, mais de 23 mil eleitores podem ter o título cancelado, por não votar e justificar a ausência nas três últimas eleições.

Agora, para regularizar a situação, os eleitores devem comparecer, até o dia 14 de abril, num cartório mais próximo.

No País, mais de 1,4 milhão de eleitores estão na mesma situação.

O Estado com maior número de títulos que podem ser cancelados é São Paulo: 350.816. Rio de Janeiro e Minas Gerais aparecem em seguida, com 140.339 e 131.098, respectivamente.

Na página do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) o eleitor pode consultar, na opção “Serviços ao eleitor”, se está entre os documentos sujeitos ao cancelamento.

Segundo informações do TSE, se um eleitor deixou de votar no primeiro e no segundo turno de uma mesma eleição, já serão contadas duas eleições para efeito de cancelamento.

Eleitores com o título irregular podem passar alguns transtornos, como obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e obter certos tipos de empréstimos e inscrição.

Além disso, quem tiver o documento cancelado pode ter dificuldades para investidura e nomeação em concurso público, renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo e obtenção de certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

Ainda conforme o TSE, os eleitores que detém a prerrogativa constitucional do voto facultativo não precisam se submeter às regras. São eles: os analfabetos, os que à época da eleição tinham entre 16 e 18 anos e os maiores de 70 anos.

Também não estão sujeitos ao cancelamento os títulos dos eleitores portadores de deficiência que impeça o cumprimento das obrigações eleitorais.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions