A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 15 de Dezembro de 2018

24/07/2013 10:20

Máquinas da Prefeitura de Ponta Porã fazem terraplanagem para empreiteira

Zemil Rocha
Máquinas da prefeitura executando terraplanagem para empreiteira (Foto: Ponta Porã Digital)Máquinas da prefeitura executando terraplanagem para empreiteira (Foto: Ponta Porã Digital)

O prefeito de Ponta Porã, Ludimar Novais (PPS), está sendo acusado de usar máquinas pá-carregadeiras da municipalidade para realizar trabalho que deveria estar sendo executado pela empreiteira contratada para construir dois conjuntos habitacionais em uma antiga chácara, a 15 Km da sede, entre o Jardim Ivone e o Independência. Um conjunto terá 1.015 casas populares e outro mais 500 unidades.

A empreiteira contratada, que segundo os vereadores é de Campo Grande, teria ganhado de “presente” o serviço de terraplanagem, só precisando agora fazer o trabalho de construção das casas populares.

O flagrante foi registrado pelo site www.pontaporadigital.com após receber informação de moradores indignados com a situação de benevolência a uma empresa privada com dinheiro público. O serviço estaria custando em torno de R$ 53 mil, sem contar gastos com combustível, pessoal e a utilização do maquinário da município.

Parceria – A Prefeitura de Ponta Porã admite que as máquinas da municipalidade foram usadas na áreas, mas alega que tratou-se de uma “parceria” que beneficiou vários pontos da cidade. “Foi feita uma parceria entre a prefeitura e a empreiteira, que cede volume de terra para conter erosão em vários pontos de Ponta Porã”, afirmou o assessor de imprensa do prefeito Ludimar Novaes.

Entre outros pontos que foram beneficiados com a terra retirada da área onde serão construídas as casas populares, segundo a prefeitura, estão a Rua Vital Brasil, de grande movimento, a Rua Porto Alegre, onde deve deslizamento perto da ponte, onde também está sendo executada a colocação de uma barreira de pedra, e a região do Grivela, próximo da Unei.

Indagado se a terraplanagem faz parte do acordo ou só a retirada de terra, o assessor de Ludimar respondeu: “Não é que município está prestando serviço, só retiramos terra. A área é da empreiteira, estamos fazendo um trabalho de cooperação”.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions