A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

13/04/2011 08:19

Marisa diz que deseja vaga no TCE e rebate suposto desinteresse

Fabiano Arruda

Senadora diz que gostaria de encerrar carreira no tribunal

Senadora diz que gostaria de assumir vaga de Celina.Senadora diz que gostaria de assumir vaga de Celina.

"Claro que eu gostaria”. Foi com esta frase que a senadora Marisa Serrano (PSDB), respondeu, nesta manhã, sobre o interesse em assumir a vaga aberta após a morte de Celina Jallad no TCE (Tribunal de Contas do Estado).

“Difícil alguém que tem 40 anos de vida publica, com eu, não queira a possibilidade de terminar a carreira no TCE. É mais um desafio”, completou.

A peesedebista, no entanto, ressalta ter consciência que a vaga é da Assembleia Legislativa e que "não pode interferir". Ela rebateu a informação de que teria dito que não iria mover uma palha pela indicação.

“Construíram esta frase. Eu não disse isto. Só afirmei que a vaga é da Assembleia”, disparou.

Segundo a senadora, caso os parlamentares a credenciem a ficar com a vaga no tribunal, vai assumir. “Gostaria de substituir a Celina, uma excelente política e minha amiga”, encerrou.

Na sessão de ontem na Assembleia, o deputado Londres Machado (PR) reforçou que o deputado Antônio Carlos Arroyo, seu colega do partido, é um dos favoritos ao cargo. Para o veterano, Marisa Serrano teria perdido força na indicação.

O governador André Puccinelli (PMDB) chegou a manifestar preferência por Arroyo, no entanto, admitiu já ter conversado com a peesedebista sobre o assunto.

Deputados já apontam Arroyo como virtual conselheiro do TCE
O deputado Londres Machado (PR) descartou a nomeação da senadora Marisa Serrano (PSDB), como uma possível candidata a vaga de conselheira do TCE (Tri...
Governador volta a demonstrar preferência por Arroyo à vaga no TCE
Puccinelli disse novamente que não vai interferir no processo de esolhaO governador André Puccinelli (PMDB) voltou a demonstrar sua preferência, nes...
Acordo na Assembleia inclui na pauta prorrogação do Refis estadual
Um acordo de lideranças na Assembleia Legislativa elevou de 27 para 35 o número de projetos a serem votados nesta quinta-feira (14). A relação de mat...


bobinha essa senadora Marisa, vendo que esta sem condições de uma reeleição para senado,já começa a dizer que tem interesse na vaga do TC. Por que não trabalhou para merecer esse cargo de senadora. Cadê as emendas do nosso estado, o que fez por nós. Vai ter que voltar para Bela Vista-MS. E a lei da semeadura "Colhemos o que plantamos.". Não trabalhou, dançou. Fazer oposição e salutar, mas não trabalhar e menosprezar a inteligência do nosso povo.
 
Adriana Silva em 16/04/2011 06:05:53
ate eu que sou bobinho, gostaria de terminar o resto dos meus dias , nesse paraiso, local que nao precisa morrer para ir, otimo salario, e igual ao tiririca diz o que faz o conselheiro?
se eu for para la te digo,,,,,abestados.
 
luiz fernandes em 13/04/2011 11:26:32
É uma pena,mas este é o perfil de nossos políticos de hoje,se elegem em nome do povo,prometem defender o povo,mas na hora de defender o "seu", esquecem do seu compromisso(opovoé claro);Nãoseria diferente com a professora Marisa,oportunista de plantão,que só canta de galo,quando vê que vai se dar bem:Vamos la professora (me desculpem os professores), a hora é agora. Vai que é tua....
 
anderson roquer em 13/04/2011 11:02:01
Ok ok..e o concurso público pros servidores? Cadê?
 
Paulo Ricardo em 13/04/2011 10:19:39
O povo elege uma senadora para representar os interesses do Estado e da população e agora ela vem dizendo que tem interesse na vaga do TCE. O povo não a elegeu para representar interesses particulares, independentemente de ter ou não mais de 40 anos de vida pública. Me arrependo de ter votado nela. O cargo é viatalício e com muitos benefícios associados ao mesmo. É a garantia de tranquilidade para o resto da vida, daí o interesse.
 
jonas bilder em 13/04/2011 09:49:52
Deveria mudar o critério de escolha dos conselheiros do TCE. Infelizmente o tribunal está virando prêmio de consolação para políticos que estão em fim de carreira. Estao desvirtuado a finalidade do tribunal. Como um conselheiro vai julgar e aprovar contas se ele foi indicado por Governador e Deputados? Que isenção ele vai ter?
 
Luiz Felipe em 13/04/2011 09:20:36
Eu até pensei em articular meu nome para essa vaga. Mas desisti, porque vezes dá um azar danado, tem muito Zóião em cima. A nobre deputada Celina, nem esquentou a cadeira.
 
Paulinho Barbosa em 13/04/2011 04:20:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions