A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 16 de Dezembro de 2018

23/05/2017 17:46

Ministério da Saúde lança nova campanha contra aids, por videoconferência

Paulo Nonato de Souza
Prevenção sempre em primeiro lugar na luta contra a Aids (Foto: Divulgação)Prevenção sempre em primeiro lugar na luta contra a Aids (Foto: Divulgação)

O Ministério da Saúde anunciará nesta quarta-feira, 24, às 9 horas (MS), a sua nova estratégia para combater o vírus da Aids. O ministro Ricardo Barros, que está na Assembléia Mundial da Saúde, em Genebra, na Suíça, irá participar por videoconferência do Skype.

De acordo com nota divulgada nesta terça-feira pelo Ministério da Saúde, a diretora do IST (Departamento de Infecções Sexualmente Transmissíveis), Adele Benzaken, é quem atenderá a imprensa em Brasília. Diz a nota que a videoconferência será transmitida ao vivo pelo Twitter (@minsaude).

Na campanha lançada em fevereiro pelo Ministério da Saúde, várias entidades que representam pessoas com HIV divulgaram cartas de repúdio. A campanha lançada em Salvador iniciava com imagens de foliões enquanto um locutor dizia que “Milhões de pessoas brincam o carnaval. No Brasil, 260 mil sabem que têm HIV e não se tratam. E estima-se que 112 mil têm o vírus e nem sabem. E você?”.

Para as associações, ao destacar os dados sobre o número de pessoas ainda sem tratamento ou não diagnosticadas, em tom considerado de suspeita, a campanha “estigmatizava” e “culpabilizava” as pessoas que vivem com HIV. O Ministério da Saúde se defendeu em nota, destacando que a campanha incentivava 260 mil pessoas a buscar o tratamento contra HIV, “disponível gratuitamente em todo o País e é o melhor do mundo”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions