A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

20/04/2016 12:45

Ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, pede demissão do cargo

Com esta baixa, chega a nove os ministérios de Dilma que estão sem titular

Mayara Bueno
Eduardo Braga, ex-ministro de Minas e Energia. (Marcelo Camargo/Agência Brasil).Eduardo Braga, ex-ministro de Minas e Energia. (Marcelo Camargo/Agência Brasil).

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, formalizou a saída do governo nesta quarta-feira (20). Com esta baixa, o número de vagas sem titular definitivo no governo chega a nove das 32 do primeiro escalão.

Segundo o Portal Uol, a oficialização da saída aconteceu em um encontro com a presidente da República, Dilma Rousseff (PT). Outro ministro que anunciou a saída na segunda-feira (18), Helder Barbalho, deixou para hoje seu afastamento de fato. Braga era ministro pela cota do PMDB e um dos que se manteve no governo depois do anúncio de desembarque do partido.

Outras pastas sem titular definitivo no momento são da Casa Civil, Ciência e Tecnologia, Aviação Civil, Esporte, Integração Nacional, Cidades e Turismo.

A Casa Civil está vazia porque o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não pode permanecer na cadeira, por enquanto, em virtude de decisões judiciais. Agora o possível retorno depende de determinação do STF (Supremo Tribunal Federal).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions