A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

23/05/2014 09:17

Ministro diz que independência entre a Câmara e a Prefeitura deve ser harmônica

Graziela Rezende e Kleber Clajus

Durante discurso aos parlamentares presentes no 5° Congresso Nacional de Vereadores de Mato Grosso do Sul, que ocorre na manhã desta sexta-feira (23), no auditório do Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de MS), em Campo Grande, o ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Admar Gonzaga Neto, qualificou o cargo de vereador como “uma profissão de fé”, pois estes são “representantes do povo”.

“O vereador é um elo importante entre a vontade do eleitor e o que ele quer que ocorra [na cidade]. Estão ali para cobrar do prefeito e, quando este destoa daquilo que a lei preceitua, a Câmara é responsável por colocar um freio nisso e tirá-lo do cargo. E essa independência deve ser harmônica. A excelência é o eleitor, pois ele tem o mandato e precisa ser respeitado”, afirma o ministro.

Ao todo, 400 vereadores participam do evento para tratar sobre a questão de legislação eleitoral, financiamento de campanha, uso das redes sociais e ficha limpa.

Participam vereadores de Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Após a palestra do ministro, o deputado estadual e ex-secretário de habitação e das cidades, Carlos Marun (PMDB), apresentará o planejamento e as estratégias adotadas para avançar os programas habitacionais no Estado.

 

Ministro do TSE realiza hoje palestra para vereadores sobre eleições
O ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Admar Gonzaga Neto, palestra sobre legislação eleitoral, a partir das 8h30 desta sexta-feira (23), d...
Planalto vai retirar cargos de cerca de 40 deputados que votaram contra Temer
O presidente Michel Temer deve começar a punir nas próximas semanas cerca de 40 deputados da base aliada que votaram a favor da denúncia apresentada ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions