A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

29/01/2013 17:23

Ministros pedem apoio de prefeitos para cumprimento de políticas públicas

Marta Ferreira

A ministra da Secretaria de Direitos Humanos (SDH) da Presidência da República, Maria do Rosário pediu hoje (29) aos novos prefeitos e prefeitas, reunidos em Brasília desde ontem, que tenham atenção especial para a existência do trabalho escravo e a prática de tortura em suas regiões.

Maria do Rosário foi um dos ministros do governo da presidenta Dilma Rousseff que compareceram ao Encontro Nacional de Novos Prefeitos e Prefeitas, no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília, para apresentar ações de governo aos dirigentes municipais e pedir apoio para cumprimento de políticas públicas.

A ministra da SDH defendeu também que as cidades organizem comitês para discutir o problema das populações que vivem na rua, procurando convergir políticas assistenciais em seu favor nas áreas da saúde, da educação e da habitação.

Ao apresentar as ações da secretaria aos prefeitos, Rosário destacou o Programa Viver Sem Limite, idealizado pela pasta com a participação de 15 ministérios, que visa a melhorar a qualidade de vida de 45 milhões de brasileiros que têm deficiências físicas.

A ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, por sua vez, ressaltou no encontro dos prefeitos que "há descrédito dos gestores municipais no que se refere à violência contra a mulher", quando dizem que o problema não envolve números expressivos. "Trata-se de problema que requer atenção especializada", defende a ministra, pois "difere da violência doméstica".

Os prefeitos também tiveram a presença da ministra Luiza Bairros, da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) disse aos prefeitos que "a desigualdade racial continua sendo uma realidade chocante no país e envolve a necessidade de se criar uma nova geração de políticas públicas" nessa direção.

Segundo ela "os municípios precisam fortalecer os comitês de igualdade racial, pois é preciso se chegar a uma mudança de mentalidade. Há municípios em que a população negra integra 70% da massa que está na miséria", disse. Luiza Bairros lembrou que 20 mil jovens negros são mortos por ano no país, sem que a mídia dê ênfase. Isso mostra, de acordo com ela, que "as pessoas desvalorizam o ser humano de pele negra".

O ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência da República, também falou aos prefeitos, aos quais pediu que fizessem um mandato de aproximação com o povo. Segundo ele, a pior atitude de um gestor público é a de ficar trancado no gabinete. “Convivendo com a população, os governos têm a oportunidade de ouvir".

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions