A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/12/2010 18:52

Mobilização em favor dos royalties de petróleo atinge expectativa

João Humberto

A mobilização nacional em favor da sanção presidencial do projeto que redistribui os royalties do petróleo entre estados e municípios surtiu o efeito esperado, segundo avalia a Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

Pelo menos 60 dos 78 municípios do estado aderiram ao movimento, conforme garante o presidente da Assomasul, prefeito de Terenos, Beto Pereira (sem partido).

Aprovado pelo Congresso Nacional, o projeto injetará R$ 94,097 milhões a mais no cofre dos municípios caso seja sancionado pelo presidente.

Beto Pereira disse que prefeitos de outros municípios enviaram correspondência à Assomasul se solidarizando ao movimento organizado pela CNM (Confederação Nacional de Municípios).

Segundo ele, como parte do manifesto, a Assomasul enviou documento a CNM e ao presidente Lula no sentido sensibilizá-lo a sancionar o projeto aprovado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado.

Pela regra atual, Campo Grande recebe anualmente, como em 2010, R$ 1.230.447 de royalties do petróleo, devendo abocanhar R$ 13.298.670 em 2011, ou seja, 12.068 milhões a mais se o presidente sancionar o projeto.

Outro exemplo é Dourados, que de R$ 559.239 atuais passaria a ter direito a R$ 6.044.257, o que representaria o incremento de R$ 5.485.018.

Em Corumbá, o prefeito Ruiter Cunha (PT) teria para investir R$ 3.203.121 no próximo ano contra os R$ 296.366 obtidos ao longo deste ano. A elevação, nesse caso, seria de R$ 2 .906.755.

A cidade de Três Lagoas, que recebeu R$ 276.608 este ano, terá direito a R$ 2.989.580 em 2011, um aumento de mais de R$ 2,712 milhões. (Com informações da assessoria).

Prefeitos fazem paralisação nacional por royalties do petróleo
Prefeitos de todo o Brasil farão paralisação no próximo dia 21 para reivindicar a distribuição dos royalties do petróleo e apelar para que o presiden...
Royalties, saúde e fronteira são prioridades de Delcídio
O senador Delcídio do Amaral (PT) elencou hoje suas prioridades para depois da eleição, durante entrevista ao Bom Dia MS, da TV Morena, como candidat...
Senado aprova nova divisão de royalties do pré-sal
Os senadores aprovaram na madrugada de hoje (10), por 41 votos a 28, a emenda do senador Pedro Simon (PMDB-RS) que trata da divisão de royalties do p...
Lula compara royalties à disputa de pirão antes da pesca
Todas as terças-feiras o presidente Lula assina sua coluna para publicação em 94 jornais cadastrados pelo governo federal. Hoje ele acusou senadores ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions