A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

24/09/2010 06:01

Moka supera Dagoberto e já é o segundo para o Senado

Redação

Nova rodada da pesquisa Ipems mostra que, se a eleição fosse hoje, seriam eleitos senadores Delcídio do Amaral (PT), com 60,27% dos votos, e Waldemir Moka (PMDB), com 40,20%.

Moka, que no começo da campanha aparecia atrás do candidato Dagoberto Nogueira (PDT), agora tem 6,07 pontos de vantagem sobre o pedetista. Dagoberto tem 34,13%.

O vice-governador Murilo Zauith (DEM) está com 27,83% das intenções de voto.

Não sabem ou não opinaram 16,03% dos entrevistados. Não responderam a opção de 1º voto ao Senado 13,03%. Declararam que não votarão em nenhum dos candidatos 7,67% dos eleitores.

Jorge Batista (PSOL) aparece com 0,83%, mas não é mais candidato desde que o primeiro suplente Ubiracy dos Santos desistiu da disputa e o partido decidiu não preencher a vaga.

A soma é superior a 100% porque cada eleitor poderá escolher dois candidatos ao Senado na eleição de 3 de outubro.

Em relação à rodada anterior, feita entre 27 de agosto e 2 de setembro, os quatro candidatos (Delcídio, Moka, Dagoberto e Murilo) tiveram oscilação positiva.

Os aumentos mais expressivos foram dos candidatos da coligação "Amor, Trabalho e Fé" Waldemir Moka, que tinha 31,05%, e Murilo Zauith, que tinha 20,00%.

PESQUISA ESTIMULADA - GRÁFICO COMPARATIVO DE INTEN

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions