A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

11/01/2014 12:03

Movimento comunitário tenta barrar articulação pró-Bernal e faz cobranças

Josemil Arruda

Líderes comunitários de Campo Grande estão mobilizados contra a tentativa de Abílio Borges, do Movimento Nacional da Luta pela Moradia, de fomentar apoio ao prefeito Alcides Bernal. Prometem comparecer em massa na reunião, convocada por Borges, para esta tarde, a partir das 14 horas, na escola Latino Americano.

“Hoje à tarde tem essa reunião promovida por esse menino que parece que esta sendo pago pelo prefeito no Latino Americano. A gente vai lá hoje para mostrar que não estamos contentes com o prefeito”, informou o líder comunitário Elvis Rangel.

Para Rangel, Abílio Borges não faz parte do movimento comunitário e está se intrometendo em assuntos que não lhe dizem respeito. “Ele não é filiada UMAN (União Municipal de Associação de Moradores), à Unimar (União Regional de Associações de Moradores) ou à UCAF (União dos Moradores de Favelas)”, afirmou.

O prefeito Alcides Bernal criou no final do ano passado a Coordenadoria de Assuntos Comunitários e essa articulação de Abílio Borges estaria relacionado. “Ele quer apenas encher de cargos. São seis subcoordenadores e um coordenador. O prefeito criou algo para levara demandas comunitárias, mas já tem os conselhos regionais já fazem esse trabalho e sem gasto nenhum”, disse. “O que queríamos era a Secretaria de Movimento Comunitário”, acrescentou.

Nesta tarde, segundo Elvis Rangel, o movimento comunitário vai cobrar atitude do prefeito Alcides Bernal. “Que faça o que deveria ter feito há um ano e até agora não fez”, afirmou o líder comunitário. “Vamos cobrar todas as obras paralisadas em Campo Grande, que deveria ser entregues e até agora e nenhuma foi entregue, a falta de manutenção da cidade, com o capina, tapa-buracos, limpeza de bueiros; os problemas na saúde, porque hoje infelizmente nos temos problemas com UPA que não tem podiatras e quando tem só atende duas vezes por semana. Já era problema grave e se agravou ainda mais agora”, apontou o dirigente.

Rangel também lamentou que Bernal continue fazendo promessas que não cumpre. “Ele faça que vai fazer licitações e não faz, como no caso da Av. Guaicurus, que já ia licitar e até agora nada. Fica vendendo ilusão”, criticou.”O movimento comunitário está cansado dessa venda de ilusão”, finalizou.

 



para com isso elvis, seus aliados simplesmente não deixa o prefeito trabalhar ai vem vc falar um monte de porcaria contra o prefeito da cidade....vc como lider de bairro deveria sim é trabalhar mais e falar menos.....e qualquer cidadão pode sim articular reunião contra a mafia dos vereadores sim. porque haveria necessidade de ser afiliado de uma associação para isso.....
 
luiz carlos em 11/01/2014 16:41:45
tanbem sou lider comunitario apoio voce fora bernal
 
vanderlei marques em 11/01/2014 16:08:29
Concordo com o fato de que os direitos da população devem ser cobrados, mas não se pode esquecer que, os vereadores que são os que devem lutar pelas necessidades do povo, estão mais preocupados em "picuinhas" políticas e não deixam o prefeito trabalhar, ou seja, eles não trabalham e não deixam ninguém o fazer também.
 
Jayne Cecilia em 11/01/2014 14:36:23
Povo manipulado, política desnecessária. Líder!? que liderança é essa? Insatisfeito com o que? Deviam protestar contra o golpe político que esta cidade vem sofrendo. Quer que as coisas aconteçam? Então mostre que tem cérebro senhores "lideranças comunitárias". Mostrem imparcialidade. Exijam que deixem nosso prefeito trabalhar. Ele foi eleito mas teve apoio nem um dia se quer. "Todos contra um".
 
Jorge Ricardo Melo em 11/01/2014 14:22:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions