A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

23/05/2011 08:28

MP começa a ouvir depoimentos em ação que prendeu ex-prefeito de Corumbá

Aline dos Santos
Ex-prefeito, Ricardo Cândia integrava República de Corumbá em Campinas. Ex-prefeito, Ricardo Cândia integrava República de Corumbá em Campinas.

O Ministério Público começa a ouvir hoje as 11 pessoas presas em Campinas (São Paulo) na última sexta-feira durante a operação que investiga irregularidades em contratos públicos.

Dentre os presos, estão o ex-prefeito de Corumbá, Ricardo Cândia, e o ex-diretor Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul), Aurélio Cance Júnior.

Em Campinas, Aurélio Cance Junior é diretor técnico da Sanasa (Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento), e Ricardo Cândia é ex-diretor de Planejamento da prefeitura. No carro de Cândia, a polícia apreendeu R$ 30 mil.

A imprensa nacional trata o grupo como "República de Corumbá". Também de Mato Grosso do Sul, Francisco de Lago, atual secretário de Comunicação em Campinas, está foragido. Ele foi secretário de Cultura em Campo Grande, na prefeitura de Lúdio Coelho, e também foi presidente da Fundesporte no governo Pedro Pedrossian.

Presos - Na última sexta-feira, foram presos Alfredo Antunes (Empresário), Augusto Antunes ( Empresário), Gregório Wanderlei Cerveira ( Empresário), Luiz Arnaldo Pereira Maier (Empresário), Marcelo de Figueiredo(Ex-diretor Comercial da Sanasa), João Carlos Gutierrez ( Empresário), João Tomaz Pereira Júnior ( Empresário), Pedro Luis Ibrahin Hallack ( Empresário) e Emerson Geraldo de Oliveira ( Empresário). As prisões são temporárias, válidas por cinco dias.

Os advogados dos presos também informaram que vão pedir o relaxamento das prisões.O prefeito de Campinas, Hélio de Oliveira Santos, ainda não se pronunciou sobre as prisões e o pedido de impeachment.

A operação é resultado do aprofundamento das investigações do Ministério Público sobre o esquema de fraudes em concorrências e contratação de serviços pela Sanasa.

Foragidos - Estão foragidos: Demétrio Vilagra (vice-prefeito), Ivan Goretti de Deus (Empresário do ramo de eventos), Valdir Carlos Boscato (ex-conselheiro da Sanasa), José Carlos Cepera ( Empresário), Carlos Henrique Pinto (Secretário Segurança de Campinas), Maurício de Paulo Manduca (Empresário) e Dalton dos Santos Avancini ( Empresário).(Com informações do site EPTV).

Advogado do ex-diretor da Sanesul preso em Campinas tentará HC nesta segunda
Augusto Botelho, advogado que defende Aurélio Cance Júnior, ex-diretor da Sanesul (Empresa de Saneamento Mato Grosso do Sul) e atual diretor técnico ...
Vice de Campinas se diz surpreso com denúncias que envolvem ex-prefeito de Corumbá
O vice-prefeito de Campinas (SP), Demétrio Vilagra (PT), afirmou pela mídia social Twitter, nesta sexta-feira, que está surpreso com a denúncias de c...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions