A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/07/2011 14:48

MPE pede fim de auxílio-transporte no valor de R$ 1,8 mil a vereadores de Bonito

Viviane Oliveira

O Ministério Público Estadual apresentou ação Civil Pública para suspender “auxílio-transporte”, no valor de R$ 1.8 mil, pago aos vereadores de Bonito.

A verba tem como finalidade atender despesas de manutenção e abastecimento dos veículos particulares dos vereadores para deslocamento dentro da área urbana, rural e distrital do município - no exercício dos trabalhos, sem necessidade de comprovação.

Apesar de ser autorizado por lei municipal de 2009, o MPE argumenta que a verba só seria legal se fosse de natureza indenizatória, mas é paga como remuneração, o que considerado inconstitucional.

O que caracteriza isso, na avaliação do Ministério Público, é que não há nenhuma exigência de comprovação das despesas.

O MPE destaca que o valor é muito alto, suficiente para 600 litros de gasolina ao mês, por vereador.

A ação também pede multa no valor de R$ 10 mil no caso de continuidade do pagamento, além de que os vereadores restituam ao município os valores já recebidos, com juros e correção monetária.

O valor estimado para a causa, para fins fiscais, é de R$ 100 mil. (Informações do Bonito Informa)



Não é de hoje e nem é a toa que os politicos que governam a belissima cidade de Bonito vem sendo notícia (infelizmente sempre pelo lado negativo). Acorda povo de Bonito, passou da hora de colocar gente competente pra dirigir os destinos da nossa capital do ecoturismo....vamos lá, acordem...denunciem sempre....abraços...
 
Adilson A Zavatin Santos em 11/07/2011 04:24:32
Salário de um vereador com auxilio transporte: R$6.000,00; Mandato: 4 anos sujeito à aprovação popular.
Salário do promotor com auxílio moradia e demais benefícios: R$18.000,00; Mandato: Vitalício independentemente de produtividade.
Vai tomar vergonha MP!
 
Carlos Humberto em 10/07/2011 10:00:06
Pela moral, o Ministério Público poderia também pedir o cancelamento do auxilio moradia pago aos seus membros, não acham?
 
jose de arimatéia em 08/07/2011 07:25:35
Parabéns ao Ministério Público, finalmente uma ação à altura de sua função de "fiscal da lei". Chega dessa vergonha, com esse valor eles aproveitam para fazer viagens de lazer ou gastar com coisas que não têm nada a ver com a função da verba. VAmos moralizar nossa política, e a fiscalização externa é a melhor maneira de fazê-lo, além é claro de pensar muito bem no voto, para não mais fazer a urna eletrônica de latrina.
 
Ana Oliveira em 08/07/2011 03:25:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions