A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

25/03/2010 12:52

Murilo decide até terça-feira se vai disputar o Senado

Redação

Após mais de uma hora e meia de reunião entre as lideranças do BDR (Bloco Democrático Reformista), o vice-governador Murilo Zauith (DEM) deixou o encontro dizendo que ainda não sabe se irá disputar o Senado na chapa encabeçada pelo governador André Puccinelli (PMDB). O encontro aconteceu no diretório do DEM, em Campo Grande.

Murilo disse que irá decidir até a próxima terça-feira (30) se deixará o governo para disputar o Senado. O fim do mês é o prazo limite estipulado pela Justiça Eleitoral para se descompatibilizar do cargo.

Antes de decidir, Murilo Zauith ainda pretende conversar com o governador André. Para ele, essa conversa pode ser determinante. Ele quer garantias de que terá o apoio real do peemedebista na disputa e não apenas de fachada.

O PMDB já tem um candidato ao Senado, o deputado federal Waldemir Moka. No entanto, nas eleições de outubro serão dois votos e duas vagas em disputa ao Senado em Mato Grosso do Sul.

Além disso, o BDR (leia-se PSDB, DEM e PPS) condiciona o apoio à reeleição de André, a ter o governador no palanque do presidenciável José Serra (PSDB). "A questão principal é o palanque para o José Serra. Agora quanto ao Senado é o Murilo que vai ter que decidir. A decisão é dele e ele tem o apoio do bloco", afirmou a vice-presidente nacional do PSDB, senadora Marisa Serrano.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions