A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

31/10/2008 14:07

Murilo pode disputar governo e Azambuja o Senado em 2010

Redação

O vice-governador Murilo Zauith (DEM) pode disputar em 2010 a sucessão de André Puccinelli (PMDB), tendo como candidato ao Senado em sua chapa o presidente regional do PSDB, deputado estadual Reinaldo Azambuja.

A informação foi adiantada pelo tucano há quatro dias, durante encontro de prefeitos do partido. Reinaldo Azambuja afirmou que PSDB, DEM e PPS já firmaram um acordo nacional, visando as eleições de 2010, e isso pode refletir em Mato Grosso do Sul, devido à verticalização das alianças.

O PSDB está articulando, em âmbito nacional, uma aliança com o PMDB, com o objetivo de eleger um tucano como sucessor do presidente Lula. Por enquanto, os mais cotados são o governador de São Paulo, José Serra, e de Minas Gerais, Aécio Neves.

Segundo Reinaldo Azambuja, se isso não for possível, e o PMDB acabar lançando candidatura própria, a verticalização obrigará o PSDB de Mato Grosso do Sul se afastar da aliança com André Puccinelli e tomar rumo próprio.

Neste caso, o nome de Murilo Zauith seria uma opção, já que a senadora Marisa Serrano (PSDB) tem sido reticente quando questionada sobre a disputa.

"Não precisa ser necessariamente um tucano, precisa?", questionou Azambuja. "Os outros partidos também têm nomes fortes, tem o Murilo...", citou o tucano.

Apesar de ter sido derrotado nas eleições municipais deste ano, em Dourados, pelo deputado estadual Ari Artuzi (PDT), Azambuja avalia que o democrata tem todas as condições de enfrentar uma disputa dessa proporção.

O fato de ter perdido duas vezes a disputa em Dourados, segundo o tucano, não quer dizer nada. Entre outros casos, ele citou o caso de Fernando Henrique Cardoso, que nunca conseguiu vencer uma eleição em São Paulo, mas ganhou a presidência da República.

Reinaldo Azambuja esclareceu que independente das conjecturas, o PSDB está se preparando para qualquer tipo de situação e que não vai ficar parado, esperando a proximidade das eleições para definir sua posição.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions