A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/11/2010 07:02

Murilo venceria se eleições fossem hoje em Dourados

Redação

Com a iminente cassação de Ari Artuzi (sem partido) e de seu vice, Carlinhos Cantor (PR), o vice-governador Murilo Zauith (DEM) é o preferido para a prefeitura de Dourados, na eventualidade de ocorrerem novas eleições no município, conforme pesquisa Ibrape.

O pleito extemporâneo daria um mandato de dois anos ao vencedor da disputa. Murilo, por coincidência, perdeu a corrida eleitoral passada para Artuzi, e hoje é o favorito da população.

Na primeira simulação de eleição, o instituto envolveu oito nomes, sendo três do PMDB, dois do PT e dois do DEM. Neste cenário, Murilo lidera com 33% das intenções de voto.

O deputado Marçal Filho nesta mesma simulação aparece com 14%, e o juiz Eduardo Machado Rocha, que administrou Dourados interinamente após o afastamento de Artuzi, com 11%.

A atual prefeita, Délia Razuk (PMDB), figura com 9% contra 6% do deputado federal Geraldo Resende. O petista Laerte Tetila, ex-prefeito do município, aparece com 5% das intenções de voto.

Os ex-deputados João Grandão (PT) e Bela Barros (DEM) obtiveram apenas 2% nesta simulação. Brancos e nulos totalizam 2% e não souberam, ou não opinaram, 16% dos entrevistados.

A pesquisa tem margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos e ouviu 322 pessoas em 26 bairros douradenses. O levantamento foi feito nos dias 12 e 13 deste mês.

O instituto fez uma segunda simulação com cinco candidatos, incluindo o deputado estadual eleito George Takimoto, além de Eduardo Rocha, Délia e Tetila.

Neste cenário, Murilo seria eleito com 47% dos votos, com 30 pontos acima de Eduardo Rocha, segundo colocado. Délia e Tetila, neste caso, ficariam com 11%, contra 8% de Takimoto.

Em uma terceira simulação, Murilo se sairia ainda melhor, sendo eleito com 52% dos votos em uma disputa contra Eduardo Rocha, Délia e Tetila. O juiz teria 18%, a peemedebista 12% e o ex-prefeito 11%.

Outra vantagem de Murilo sobre seus adversários é apontada na pesquisa: ele não tem rejeição do eleitorado douradense. O menos rejeitado depois do democrata é Eduardo Rocha com 3%.

Bela Barros, neste quesito, lidera com 24%, seguida de João Grandão (23%), Tetila e Délia (18%), Geraldo (11%) e Takimoto e Marçal (10%). O levantamento também mostra indefinição de 8% do eleitorado sobre em quem não votar de jeito nenhum. A soma ultrapassa 100% pois os entrevistados deram mais de uma resposta. A pesquisa foi divulgada pelo jornal Correio do Estado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions