A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

30/09/2011 16:37

Nelsinho viabiliza R$ 180 milhões para o transporte coletivo na Capital

Edmir Conceição*
Nelsinho Trad em reunião no Ministério do Planejamento nesta sexta-feira.Nelsinho Trad em reunião no Ministério do Planejamento nesta sexta-feira.

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad, conseguiu nesta sexta-feira, em um dia totalmente atípico para busca de recursos e resultados na capital federal, viabilizar R$ 180 milhões do PAC da Mobilidade Urbana. O dinheiro será aplicado no sistema de transporte coletivo da Capital.

Campo Grande esperava receber R$ 280 milhões, mas por causa dos cortes no orçamento, a verba caiu para R$ 180 milhões. O projeto, no entanto, ainda depende da aprovação do Planalto. O prefeito Nelsinho Trad se reuniu no Ministério do Planejamento junto com o secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação (Seintrha), João Antônio De Marco e o diretor-presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Rudel Trindade Júnior.

Durante reunião no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, o secretário do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do Ministério do Planejamento, Maurício Muniz, anunciou que o governo dispõe de pouco mais da metade do que as demandas. Foram cadastrados projetos que custariam mais de R$ 30 bilhões, mas o PAC da Mobilidade Urbana tem apenas R$ 18 bilhões.

O dinheiro viabilizado pelo prefeito Nelsinho Trad, que nessa sexta-feira ainda se reuniu com a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, em audiência marcada pelo senador Antonio Russo (PR), será aplicado na construção de cinco terminais (R$ 20 milhões); 689,4 quilômetros de corredores de ônibus (R$ 110 milhões); modernização do sistema de controle eletrônico (R$ 4,5 milhões) é intervenções viárias (R$ 40,3 milhões). De acordo com o projeto levado a Brasília pelo prefeito Nelsinho Trad, serão investidos também R$ 6 milhões para estações de pré-embarque.

Vetos -O Ministério do Planejamento cortou as ciclovias, reforma de terminais, abrigos de ônibus e intervenções no sistema viário fora dos corredores. O prefeito Nelsinho Trad, no entanto, considerou que a viagem foi produtiva e com ‘excelentes resultados’ e agradeceu o apoio do deputado federal Edson Giroto (PR) e do senador Antonio Russo (PR), que articularam as audiências nesta sexta-feira. “O resultado foi positivo, não viabilizamos tudo que pedimos por causa das limitações financeiras”, disse Nelsinho.

Além da comitiva do prefeito Nelsinho Trad, participaram da reunião que definiu o teto de recursos para Campo Grande no PAC da Mobilidade Urbana, Roberto Muniz, secretário-executivo do Ministério das Cidades; o secretário Nacional de Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades, Luiz Carlos Bueno de Lima; a diretora do Departamento de Mobilidade Urbana, Luiza Gomide de Faria Vianna; Regina Daibes, e a assessora da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República.

(*) Com informações da assessoria de imprensa do deputado Edson Giroto (PR)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions