A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

19/08/2009 09:18

No ataque, André diz ser bondoso ao oferecer vaga ao PT

Redação

O governador André Puccinelli (PMDB) voltou a atacar o PT. Nesta quarta-feira, além de negar a possibilidade de oferecer o posto de vice aos petistas, caso se concretize uma aliança, Puccinelli se classificou como "bondoso demais" por ainda oferecer uma vaga ao Senado.

"Oferecemos uma vaga ao Senado e já está bom demais. Estou dando até mais do que eu devo dar. Estou dando oportunidade deles não morrerem e se salvarem", afirmou, durante evento na Embrapa Gado de Corte, em Campo Grande.

Sobre a possibilidade de ter um candidato a vice do Partido dos Trabalhadores, Puccinelli foi taxativo: "Vade retro satanás".

Candidato à reeleição, o governador oscila entre afagos e ataques ao PT. Puccinelli já se propôs a um casamento político com a petista Dilma Roussef (ministra da Casa Civil e candidata à presidência), a quem chama de "fada madrinha", e causou furor ao declarar que parlamentares federais e estaduais petistas já foram com ele ao "motel político".

Caso a aliança PMDB e PT não se concretize, Puccinelli vai enfrentar o ex-governador Zeca nas eleições do ano que vem.

"Sou católico e não quero matar o PT. Estou oferecendo a bóia, a salvaguarda. Que eles fiquem conosco. A possibilidade de estar conosco já é muita coisa". Questionado se ainda tem esperança de se aliar ao PT, o governador respondeu: "Eles que tem que ter esperança de ficar comigo. Eu tô na frente".

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions