A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

24/06/2010 09:58

OAB pede a partidos que não aceitem candidato ficha suja

Redação

A OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil) encaminhou ofício a todos os partidos políticos de Mato Grosso do Sul, apelando para que as legendas não aceitem candidatos "ficha suja" em suas coligações.

Na prática, a Ordem quer impedir que condenados pela Justiça disputem as eleições deste ano, ou seja, pessoas que se enquadrem na Lei Complementar 135/2010, conhecida como Lei da Ficha Limpa.

"Este pedido não é apenas da OAB, mas de toda sociedade sul-mato-grossense", explica o presidente Leonardo Avelino Duarte.

Segundo ele, a Lei da Ficha Limpa é uma vitória da democracia e o seu cumprimento dependerá do esforço de todos.

"A sociedade brasileira acompanhou com atenção as discussões e a sanção da lei, que teve confirmada sua vigência para o pleito deste ano pelo TSE, na noite de 10 de junho de 2010", observou.

No ofício encaminhado aos dirigentes partidários, a OAB ressalta que, após 21 anos de regime de exceção, o Brasil segue passos firmes na ampliação democrática e no fortalecimento de suas instituições.

Para a entidade, este processo passa necessariamente pela eleição de bons representantes.

"Só teremos certeza da eleição de bons representantes, caso tenhamos bons candidatos. Mesmo porque, maus candidatos não costumam respeitar as regras e as leis eleitorais, usando de artifícios ardis, como, por exemplo, a captação ilícita de sufrágio, para que o resultado das urnas lhe seja favorável", finalizou Leonardo Duarte.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions