A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

12/05/2014 18:54

Olarte prepara grande ato para receber R$ 491 milhões do ministro das Cidades

Josemil Arruda
Assinatura de convênio está prevista para sábado no Rádio Clube (Foto: Cleber Gellio)Assinatura de convênio está prevista para sábado no Rádio Clube (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), deve assinar com o ministro das Cidades, Gilberto Occhi, no próximo sábado o convênio para liberação de R$ 491 milhões para obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Pavimentação e Mobilidade Urbana. A visita do ministro à Capital deveria ter acontecido na última sexta-feira (9), mas foi adiada devido a dificuldades burocráticas na liberação dos convênios, que também serão assinados com outros municípios de Mato Grosso do Sul.

“Está certo que o ministro vai vir para sábado e vamos assinar convênio de quase R$ 500 milhões para obras do PAC Mobilidade Urbana em Campo Grande”, informou o secretário municipal de Governo, Rodrigo Pimentel, anunciando ainda que será realizado um grande evento no Rádio Clube Cidade, provavelmente no período matutino.

Detalhando os investimentos, o secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Semy Ferraz, explicou que R$ 311 milhões são do PAC Pavimentação e R$ 180 milhões do PAC Mobilidade Urbana. “No caso do PAC Mobilidade Urbana é programa de 24 meses. Já o do PAC Pavimentação é para execução em três anos”, disse.

Quanto às obras do PAC Pavimentação em Campo Grande, serão abrangidos cerca de 21 complexos, totalizando em torno de 40 bairros e vilas diretamente beneficiados com o asfaltamento de ruas. Conforme Semy, “pega a região do Vila Nascente, parte do Jardim Montevideo. Futurista, Danúbio Azul, chegando também ao Nova Lima, Anache e indo até a Nova Campo Grande e Jardim Carioca”.

Já a verba do PAC Mobilidade Urbana, de acordo com o secretário, será para recapeamento de vias e definição de corredores exclusivos de ônibus, totalizando 62 quilômetros, além de calçadas e rampas de acesso.

No da região sudoeste da Capital, abrangerá a avenidas e ruas Brilhante, Marechal Deodoro, Gunter Hans até o Terminal Aero Rancho, voltando pela Gunter e Bandeirantes até a Afonso Pena.

Outro corredor, inclui a avenidas Calógeras, Costa e Silva, Gury Marques até o Terminal Guaicurus, voltando pela Gury, Rui Barbosa até a Mato Grosso.

Quanto ao Corredor Norte, serão beneficiadas Bahia, Coronel Antonino, Assaf Trad, passando pelo Terminal Nova Bahia e indo até o Shopping Bosque dos Ipês, voltando na outra pista da Coronal Antônino até a Rua Alegrete e a Avenida Mato Grosso.

Ainda dentro do PAC Mobilidade está prevista a implantação de quatro novos terminais de transbordo de ônibus na Capital (Cafezais, esquina com a Gury Marques; Paraty; São Francisco, entre Euler de Azevedo e Tamandaré; e Tiradentes, em frente à Cidade Jardim. Também faz parte desse pacote de obras o viaduto da Coca Cola e 500 coberturas de pontos de ônibus.

 

 

Ministério das Cidades adia assinatura do PAC Mobilidade em Campo Grande
Devido à não conclusão dos tramites dos principais contratos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade Urbana para municípios de Mato...
Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions