A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Dezembro de 2018

12/05/2014 18:54

Olarte prepara grande ato para receber R$ 491 milhões do ministro das Cidades

Josemil Arruda
Assinatura de convênio está prevista para sábado no Rádio Clube (Foto: Cleber Gellio)Assinatura de convênio está prevista para sábado no Rádio Clube (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), deve assinar com o ministro das Cidades, Gilberto Occhi, no próximo sábado o convênio para liberação de R$ 491 milhões para obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Pavimentação e Mobilidade Urbana. A visita do ministro à Capital deveria ter acontecido na última sexta-feira (9), mas foi adiada devido a dificuldades burocráticas na liberação dos convênios, que também serão assinados com outros municípios de Mato Grosso do Sul.

“Está certo que o ministro vai vir para sábado e vamos assinar convênio de quase R$ 500 milhões para obras do PAC Mobilidade Urbana em Campo Grande”, informou o secretário municipal de Governo, Rodrigo Pimentel, anunciando ainda que será realizado um grande evento no Rádio Clube Cidade, provavelmente no período matutino.

Detalhando os investimentos, o secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Semy Ferraz, explicou que R$ 311 milhões são do PAC Pavimentação e R$ 180 milhões do PAC Mobilidade Urbana. “No caso do PAC Mobilidade Urbana é programa de 24 meses. Já o do PAC Pavimentação é para execução em três anos”, disse.

Quanto às obras do PAC Pavimentação em Campo Grande, serão abrangidos cerca de 21 complexos, totalizando em torno de 40 bairros e vilas diretamente beneficiados com o asfaltamento de ruas. Conforme Semy, “pega a região do Vila Nascente, parte do Jardim Montevideo. Futurista, Danúbio Azul, chegando também ao Nova Lima, Anache e indo até a Nova Campo Grande e Jardim Carioca”.

Já a verba do PAC Mobilidade Urbana, de acordo com o secretário, será para recapeamento de vias e definição de corredores exclusivos de ônibus, totalizando 62 quilômetros, além de calçadas e rampas de acesso.

No da região sudoeste da Capital, abrangerá a avenidas e ruas Brilhante, Marechal Deodoro, Gunter Hans até o Terminal Aero Rancho, voltando pela Gunter e Bandeirantes até a Afonso Pena.

Outro corredor, inclui a avenidas Calógeras, Costa e Silva, Gury Marques até o Terminal Guaicurus, voltando pela Gury, Rui Barbosa até a Mato Grosso.

Quanto ao Corredor Norte, serão beneficiadas Bahia, Coronel Antonino, Assaf Trad, passando pelo Terminal Nova Bahia e indo até o Shopping Bosque dos Ipês, voltando na outra pista da Coronal Antônino até a Rua Alegrete e a Avenida Mato Grosso.

Ainda dentro do PAC Mobilidade está prevista a implantação de quatro novos terminais de transbordo de ônibus na Capital (Cafezais, esquina com a Gury Marques; Paraty; São Francisco, entre Euler de Azevedo e Tamandaré; e Tiradentes, em frente à Cidade Jardim. Também faz parte desse pacote de obras o viaduto da Coca Cola e 500 coberturas de pontos de ônibus.

 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions