A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/07/2012 12:54

Oposição propõe pacto a Bernal para aumentar chance de segundo turno

Paula Vitorino e Aline dos Santos
Vander acredita em  segndo turno e pacto de oposição. (Foto: Minamar Junior)Vander acredita em segndo turno e "pacto de oposição". (Foto: Minamar Junior)

Na briga pela Prefeitura de Campo Grande, candidatos da oposição estão em vias de formar uma espécie de pacto desde já para o segundo turno das eleições, que envolve a candidatura de Alcides Bernal, do PP.

O deputado federal Vander Loubet, candidato do PT, oficializou o nome do deputado estadual Cabo Almi como vice durante coletiva de imprensa nesta manhã e falou da proposta.

“O próximo passo é procurar principalmente o Alcides (PP) e Reinaldo (PSDB) para fazer um pacto de apoio para quem for pro segundo turno”, disse.

Ele frisou que diante do cenário atual, com sete candidatos a Prefeitura, o segundo turno é certo e, claro, todos os candidatos que entraram na disputa acreditam que vão para a próxima etapa e querem sair com a vitória nas eleições.

Com isso, o “pacto” seria de apoio independente de qual partido continue na disputa, mas com a condição de que o adversário seja o candidato da chapa do atual governo, o PMDB, com o deputado federal Edson Giroto.

“Tentaram impedir a pluralidade de candidatos, mas não conseguiram, já é a primeira derrota da chapa do Governo. Agora, a oposição tem que se unir independente de qual vá para o segundo turno”, frisa.

Giroto é o candidato na disputa com mais partidos aliados, total de 16, além do apoio do governador André Puccinelli e do prefeito Nelson Trad Filho.

O PT vai para a disputa sem alianças, mas Vander afirmou que a força do partido está na “militância”, apoiada nas ações de nomes com a simpatia dos eleitores, como Lula, Dilma, Delcídio do Amaral e Zeca do PT.

Resistência - O candidato do PP, Alcides Bernal, também declarou nesta manhã que a sinalização de apoio para uma eventual disputa no segundo turno foi um dos principais motivos para ele sustentar sua candidatura, que fui dúvida até ontem.

A expectativa era de o partido desistir de candidatura própria e optar por apoiar algum dos candidatos.

“O PT e o PSDB me afiançaram que se chegar ao segundo turno eles vão me apoiar. Isso me motivou a ser candidato”, afirmou.

Bernal disse que ainda não divulgou o nome do vice por temer a pressão de outras legendas, mas garantiu que anuncia o vice escolhido ainda nesta tarde. O PP vai lançar uma chapa pura e tem três nomes cotados para a vaga de vice. Um deles é o ex-vereador Gilmar Olarte, além de uma profissional liberal e um comerciante.

Tudo pode acontecer - Para o deputado federal e candidato do PSDB Reinaldo Azambuja, o segundo turno é outra eleição e tudo pode acontecer até o último dia.

“Agora é cada um fazendo sua campanha, todos querem ir pro segundo turno e apoio

vai ser definido depois pelo partido”, afirmou.

Azambuja diz os apoios vão ser definidos de acordo com os candidatos que forem para o segundo turno e afirma que só tem certeza de um nome na disputa, o seu.

“Tenho certeza que nós vamos estar no segundo turno e, então, vamos buscar apoio dos outros partidos, mas quem vai ser o adversário eu não sei”, declarou.



Bom tem q haver um segundo turno,para mostrar q o povo ja esta quse sabendo votar, ALCIDES BERNAL X GIROTO...
 
susan keyla mendes ferreira em 10/07/2012 02:41:00
Resumindo, o PP é só uma 5ª coluna do PSDB/PMDB? Então, há apenas dois candidatos disputando.
 
Franz D. Silva em 02/07/2012 03:09:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions