A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

23/12/2014 14:34

Orçamento federal é aprovado com R$ 263 milhões em 2015 previstos para MS

Priscilla Peres
Senador participou da aprovação ontem. (Foto: Divulgação)Senador participou da aprovação ontem. (Foto: Divulgação)

Na noite de ontem, a CMO (Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização) do Senado Federal aprocou o relatório final do Orçamento 2015. A votação do texto ficou para fevereiro, após a retomada dos trabalhos do Senado e da Câmara.

O senador Waldemir Moka (PMDB) participou da aprovação do projeto até o fim, e só depois retornou para Mato Grosso do Sul. A votação da peça orçamentária foi concluída às 21 horas.

De acordo com Moka, Mato Grosso do Sul receberá investimento de R$ 263,8 milhões, com os acréscimos de R$ 60,6 milhões conquistados nos últimos instantes. O valor autorizado pelos sub-relatores ao Estado era de R$ 203,2 milhões. “O parlamentar que ficar até o último instante acaba conseguindo mais para o seu Estado. E ficamos até o fechamento”, disse.

O relatório aprovado confirma o valor do salário mínimo de R$ 790 a partir de 1º de janeiro — um reajuste nominal (sem descontar a inflação) de 9,1% em relação aos atuais R$ 724. A proposta orçamentária original previa um mínimo de R$ 788,06. Jucá disse que arredondou o valor para facilitar a vida de empresas e funcionários.

Sub-relator das áreas de Cidade e Planejamento, Moka teve seu texto aprovado por unanimidade pelos integrantes da Comissão de Orçamento. De acordo com o relatório, os projetos e ações para o Ministério das Cidades deverão receber aportes de R$ 27,8 bilhões, enquanto que os do Ministério do Planejamento vão contar com R$ 21,2 bilhões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions