A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

19/11/2011 15:17

Para Azambuja, PMDB deveria abrir mão de candidatura própria na Capital

Aline dos Santos
Azammbuja afirma não ter sido procurado por peemedebistas. (Foto: Simão Nogueira)Azammbuja afirma não ter sido procurado por peemedebistas. (Foto: Simão Nogueira)

O deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) afirma que o PMDB deveria abrir mão de ser cabeça de chapa se quiser manter o apoio dos tucanos na disputa pela prefeitura de Campo Grande.

O governador André Puccinelli (PMDB) disse que buscaria diálogo para não perder os aliados, que há 16 anos não lançam candidatura própria na Capital. Pré-candidato a prefeito, Azambuja frisa que ainda não foi procurado pelos peemedebistas.

“O PMDB quer aliado desde que seja cabeça de chapa e eles ainda não definiram nem o candidato”, salienta o deputado.

O escolhido do PMDB deve ser definido entre o vereador Paulo Siufi (PMDB) e os deputados federais Edson Giroto (PMDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM).

Em tom de campanha, Azambuja destaca a necessidade de mudanças. “Obras são muito importantes. Mas não pode esquecer as pessoas, do mais humilde. Não adianta construir o hospital se não tem médico”, diz o deputado, que participou de congresso do PPS neste sábado.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...


tomara Deputado Azambuja, que suas palavras se tornem realidades. Estamos a 16 anos reféns da política "prédio e circo", "pão e asfalto" do PMDB. Ninguém aguenta mais. Vivemos no estado mais despótico da república. o Dr. André diz e faz o que quer. Não existe oposição no estado. E o PT é síntese da corrupção que assola o país. Devemos é fazer um silêncio eloquente para a política do MS.
 
Willian Silva em 19/11/2011 04:41:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions