A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

19/11/2011 15:17

Para Azambuja, PMDB deveria abrir mão de candidatura própria na Capital

Aline dos Santos
Azammbuja afirma não ter sido procurado por peemedebistas. (Foto: Simão Nogueira)Azammbuja afirma não ter sido procurado por peemedebistas. (Foto: Simão Nogueira)

O deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) afirma que o PMDB deveria abrir mão de ser cabeça de chapa se quiser manter o apoio dos tucanos na disputa pela prefeitura de Campo Grande.

O governador André Puccinelli (PMDB) disse que buscaria diálogo para não perder os aliados, que há 16 anos não lançam candidatura própria na Capital. Pré-candidato a prefeito, Azambuja frisa que ainda não foi procurado pelos peemedebistas.

“O PMDB quer aliado desde que seja cabeça de chapa e eles ainda não definiram nem o candidato”, salienta o deputado.

O escolhido do PMDB deve ser definido entre o vereador Paulo Siufi (PMDB) e os deputados federais Edson Giroto (PMDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM).

Em tom de campanha, Azambuja destaca a necessidade de mudanças. “Obras são muito importantes. Mas não pode esquecer as pessoas, do mais humilde. Não adianta construir o hospital se não tem médico”, diz o deputado, que participou de congresso do PPS neste sábado.



tomara Deputado Azambuja, que suas palavras se tornem realidades. Estamos a 16 anos reféns da política "prédio e circo", "pão e asfalto" do PMDB. Ninguém aguenta mais. Vivemos no estado mais despótico da república. o Dr. André diz e faz o que quer. Não existe oposição no estado. E o PT é síntese da corrupção que assola o país. Devemos é fazer um silêncio eloquente para a política do MS.
 
Willian Silva em 19/11/2011 04:41:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions