ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 12º

Política

Para dinheiro de obras não ‘mudar de curso’, Reinaldo vai enviar projeto à AL

Governador quer lei que garanta verba para obras inacabadas

Jéssica Benitez e Gabrielle Tavares | 13/09/2022 16:13
Governador quer entregar governo sem dívidas a sucessor (Foto Kísie Anoiã)
Governador quer entregar governo sem dívidas a sucessor (Foto Kísie Anoiã)

Governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), deve enviar à Assembleia Legislativa projeto de Lei que vincule a verba que será deixada em caixa às obras que não estiverem acabadas até o fim de seu mandato.

 De acordo com o tucano, o texto deverá ser votado pelos deputados estaduais no último mês do ano. “Isso para que não paire nenhuma dúvida”, disse , referindo-se ao montante que seu sucessor deve encontrar em caixa quando tomar posse.

Segundo Reinaldo, o intuito é deixar o governo “redondinho”, ou seja, com servidores e fornecedores pagos e sem empréstimo em nome do Estado.

“Que o próximo gestor tenha tranquilidade. Nós temos a letra A, ou seja, temos aval do Tesouro para pegarmos empréstimo de até R$ 2 bilhões. Esse crédito está liberado. O próximo gestor pode pegar no dia 1° de janeiro se quiser”, contou.

Previsão – Dentre as obras que não vão estar concluídas até o fim do mandato tucano, está o novo acesso ao bairro Moreninhas e duplicação da avenida dos. As propostas recebidas no processo de licitação devem ser abertas no fim deste mês. Somente para o novo acesso às Moreninhas, a previsão orçamentária é de R$ 42,9 milhões e o prolongamento da Cafezais em R$ 9,8 milhões.

Nos siga no Google Notícias