A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

30/06/2012 11:19

Parceiro de Giroto, PSB cobra participação na administração municipal

Francisco Júnior e Paula Maciulevicius
Governador, Giroto e Nelsinho comemoram parceiria com membros do PSB. (Foto: Simão Nogueira)Governador, Giroto e Nelsinho comemoram parceiria com membros do PSB. (Foto: Simão Nogueira)

Após fechar aliança com o PMDB, o PSB já cobra participação no governo de Edson Giroto, caso ele seja eleito prefeito de Campo Grande.

O partido apoiou a candidatura de Nelson Trad Filho (PMDB) nas duas eleições, mas não teve grande representação no governo. Conforme o presidente municipal do PSB, vereador Carlos Augusto Borges, mais conhecido como Carlão, Giroto se comprometeu em dar mais participação do partido em sua administração.

“Nós não vamos ficar de coadjuvante. Nós vamos ter espaço na administração em fundação, secretaria ou cargos estratégicos”, afirmou o vereador na convenção do partido na Câmara Municipal realizada neste sábado.

Segundo Carlão, o PSB está unido em torno da candidatura de Giroto e o partido está empenhado em elegê-lo. Ele ressaltou que o PMDB ofereceu toda a estrutura para que se concretizasse a coligações entre as duas legendas. “É muito mais fácil coligar com o partido que está na base. Saindo dessa estrutura para entrar em outra, não dá . Aqui nos conhecemos. É o nosso grupo”, destacou.

Conforme o parlamentar, na coligação em que o partido compõem composta por PDT, DEM, e PTdoB, a chance é de eleger cinco vereadores e ainda a possibilidade de conseguir mais duas vagas entre os candidatos que alcançarem de 4,5 mil a 5 mil votos.

O partido vai lançar a candidatura de 15 vereadores, sendo 10 homens e cinco mulheres.

O PSB vai lançar candidatura a prefeito em oito cidades: Dourados, Coxim, Glória de Douradas, Nioaque, Sidrolândia, Joporã, Bonito e Terenos.

Em discurso, Nelson Trad afirmou que o PSB foi memorável na eleição de 2008 e que a participação fez com o partido conseguisse eleger o primeiro candidato na Capital. Conforme o prefeito, com esse resultado, “nada mais natural que desse essa continuidade” na parceria.

Para o governador André Puccinelli (PMDB) a essa mescla de partido dentro uma coligação é o que faz ter representatividade dentro da Câmara. Segundo ele, o PSB tem a oportunidade de “fazer dois, três ou quem sabe quatro vereadores”.



Ei cara acorda!! Ao invés de cobrar maior participação no governo, tente ao menos, uma vez mais enganar o povo e fazer as costumeiras promessas, tais como MELHORAR A SAUDE, HABITRAÇÃO, TARNSPORTE, EDUCAÇÃO SEGURANÇA, entre outros ítens.. o povo gosta disso..... quanto a sua cobrança..... o seu, com certeza, sasirá.. fica frio!
 
Gilson Giordano em 30/06/2012 12:14:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions