A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/02/2012 14:31

Partidos definem líderes na Assembleia; PSDB ainda busca consenso

Wendell Reis
Pedro Kemp será o líder do PT na Assembleia Legislativa em 2012(Foto:João Garrigó)Pedro Kemp será o líder do PT na Assembleia Legislativa em 2012(Foto:João Garrigó)

Os partidos com mais de um representante na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul definiram seus líderes na sessão desta terça-feira (7). O PT, até o momento, foi o único partido que anunciou mudança: sai Cabo Almi e entra o deputado Pedro Kemp.

Nos outros partidos não haverá mudança. O PMDB manteve Eduardo Rocha como líder e Maurício Picarelli na vice-liderança. O deputado Antônio Carlos Arroyo continuará representando o PR nas decisões, sendo substituído por Londres Machado em caso de alguma eventualidade. Já Márcio Fernandes continuará respondendo pela bancada do PTdoB, tendo Mara Caseiro como vice-líder.

O PSDB foi o único partido com mais de um deputado que não definiu a liderança. O deputado Márcio Monteiro informou que a escolha deve ser feita em uma reunião nesta tarde. No ano passado a decisão de indicar Rinaldo Modesto causou discórdia no partido. O deputado Onevan de Matos não gostou de ficar de fora da negociações para indicar Rinaldo e chegou a declarar que o deputado teria apresentado como argumento o fato de estar chegando recentemente na Casa, o que lhe faria precisar mais do adicional dado as lideranças.

Apesar da polêmica, Rinaldo foi indicado como líder do partido após conseguir os votos de Márcio Monteiro e Dione Hashioka. Segundo dados do portal da transparência da Assembleia de dezembro de 2011, os líderes de bancada receberam um adicional salarial de R$ 6771,39 por mês. O líder do Governo ainda não foi anunciado. O próximo passo dos deputados é definir os representantes dos partidos nas comissões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions