A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/08/2009 11:01

PDT se interessa em formar chapa com PT e PTB em 2010

Redação

O PDT demonstrou interesse essa semana em formar uma chapa com o PT e o PTB para disputar vagas na Assembléia Legislativa no ano que vem.

O assunto surgiu durante conversa entre parlamentares petistas e pedetistas. A composição, segundo um deputado, envolveria aliança completa, incluindo a majoritária.

Com uma chapa pura, o PT espera eleger de 4 a 5 deputados estaduais em 2010. Juntos, os três partidos poderiam chegar a oito parlamentares.

Além de Pedro Kemp, Pedro Teruel, Amarildo Cruz e Paulo Duarte, outras lideranças de peso do PT disputarão o pleito do ano que vem, com reais chances de vitória.

Entre elas, os vereadores Cabo Almi e Thaís Helena e os ex-prefeitos de Dourados, Laerte Tetila, e de Mundo Novo, Humberto Amaducci.

No PDT, além dos deputados Ary Rigo, Antônio Braga, Coronel Ivan de Almeida e Onevan de Matos, ex-prefeitos do partido também devem disputar vagas.

Entre eles estão Mara Caseiro, de Eldorado, Felipe Orro, de Aquidauana e Djalma Furquim, de Aparecida do Taboado.

O PDT, no entanto, ainda deve esperar pelo menos até o fim do ano para decidir se ficará com PT ou PMDB. Os dois partidos ensaiam uma aliança em âmbito nacional, o que pode mudar completamente o cenário político em Mato Grosso do Sul.

Além da possibilidade de compor chapa proporcional com os petistas, o PDT tem a garantia de uma vaga ao Senado. Neste caso, o deputado federal Dagoberto Nogueira seria o nome indicado.

O governador André Puccinelli (PMDB) também está oferecendo espaços importantes na chapa proporcional, caso os pedetistas resolvam optar por esta união.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions