A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

13/06/2013 13:44

PMDB define candidato ao governo estadual em meados de agosto

Leonardo Rocha
Mochi destaca que em agosto PMDB define seu candidato ao governo (Foto: divulgação)Mochi destaca que em agosto PMDB define seu candidato ao governo (Foto: divulgação)

O presidente regional do PMDB, o deputado estadual Junior Mochi (PMDB), afirmou que o partido decidirá seu candidato ao governo estadual em meados de agosto, após realizar diversas reuniões no interior e terminar a “excursão” do partido em Campo Grande. O PMDB tem dois nomes fortes para disputa: O ex-prefeito Nelsinho Trad e a atual vice-governadora Simone Tebet.

De acordo com Mochi, estas reuniões no interior, que foram iniciadas no mês passado, servirão de base para o partido decidir seu futuro. Neste mês, os peemedebistas estarão dia 22 em Amambai e dia 29 em Rio Brilhante, onde seguirão para Três Lagoas, com reunião marcada para o dia 5 de julho.

O deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB), líder do partido na Assembleia, ressalta que o levantamento realizado pelo Instituto Companhia de Pesquisa, divulgado pelo Campo Grande News, que aponta liderança do senador Delcídio do Amaral (PT) com 50% das intenções de voto, contra 41% de Nelsinho Trad, apenas destaca que o petista ainda é o único candidato confirmado para disputa do pleito.

“O senador (Delcídio) ainda não tem adversário, só o PT confirmou seu nome para sucessão estadual, o PMDB não apontou o candidato e o PSDB ainda não decidiu se (Reinaldo) Azambuja sai para governo ou senado”, afirmou Eduardo Rocha.

Segundo ele, somente após definição do PMDB entre Nelsinho (Trad) e Simone (Tebet) é que o partido poderá dar “relevância” às pesquisas de intenção de voto. “O PMDB começará a produzir seus próprios levantamentos e com bases nestes números, elaborar a estratégia de campanha”, ressaltou ele.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions