A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

11/12/2010 20:16

PMDB será mais rígido com “infiéis”

Paulo Fernandes

Partido ameaça punir "infiéis" com expulsão

Michel Temer determinou tolerância zero (foto: divulgação)Michel Temer determinou "tolerância zero" (foto: divulgação)

Ao voltar de reunião da direção nacional do PMDB, o presidente regional do partido, Esacheu Nascimento, trouxe na mala recomendações da cúpula nacional de maior rigidez em relação aos “infiéis”.

“O partido pretende ser mais rígido em relação aos infiéis e acabar com a tolerância a apoios que não interessam ao todo”, disse.

Em Mato Grosso do Sul, o senador Valter Pereira (PMDB) apoiou o candidato Zeca do PT, que acabou derrotado na disputa pelo governo.

Segundo Esacheu, o presidente nacional da legenda e vice-presidente eleito, Michel Temer, disse que as decisões do PMDB serão imperativas.

“A partir de agora o descumprimento das determinações nacionais serão penalizadas com a expulsão do recalcitrante”, afirmou.



O site esqueceu dos infiéis André Puccinelle e Moka que apoiaram Serra e não a Dilma que tem o Temer do PMDB como vice. Está na hora do site informar as coisas com clareza.
 
Mario Márcio em 13/12/2010 12:10:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions