A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

26/09/2013 09:50

Por falta de documentos, projeto de suplementação de Bernal fica fora da pauta

Leonardo Rocha e Kleber Clajus
Presidente diz que ainda faltam algumas correções e fechar relatório de comissão sobre suplementação (Foto: Divulgação)Presidente diz que ainda faltam algumas correções e fechar relatório de comissão sobre suplementação (Foto: Divulgação)

O projeto da prefeitura que prevê a suplementação de R$ 118 milhões que seria colocado hoje em plenário da Câmara ficou fora da pauta de hoje, porque a presidente da comissão de finanças, a vereadora Grazielle Machado (PR), ainda não concluiu o relatório e ainda faltam alguns documentos. Ficou decidido na última terça-feira (24), que o projeto será desmembrado, pois R$ 68 milhões que seriam destinados a pagamento de pessoal será transformado em emenda.

O presidente da Casa, o vereador Mário César (PMDB), afirmou que além do relatório não estar fechado, ainda é necessários fazer algumas correções e receber documentos que faltaram ser anexados pela prefeitura. “A equipe da prefeitura entendeu de foram dúbia e por politicagem que deveria colocar gasto com pessoal como suplementação, quando este é tratado por outra lei”, destacou ele.

Mário se referiu ao fato que R$ 68 milhões destinados a custo com pessoal devem ser avaliados pela LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) que diz que o executivo pode gastar até 54% da receita com esta despesa.

Pedido – O prefeito Alcides Bernal (PP) afirmou hoje de manhã durante programa de rádio na FM 97,9, que a é preciso ter uma mobilização da população para que os vereadores possam votar o projeto da suplementação, já que as diferenças políticas devem ser deixadas de lado para não prejudicar a cidade. “Vencemos com a grande maioria da população, enquanto temos a minoria na Câmara”, comparou.

Reforço – Na sessão de hoje existe um reforço da guarda municipal na Câmara Municipal a intenção é que haja segurança e evite desentendimentos em possíveis manifestações na Casa de Leis. Nas últimas sessões houve protestos contra os vereadores e a favor do prefeito Alcides Bernal (PP). No último, a manifestação foi liderada por um apoiador da campanha eleitoral do prefeito em 2012.

Bernal faz apelo em rádio e secretário discute suplementação na Câmara
Mais uma vez, o prefeito Alcides Bernal (PP) recorreu à rádio para pedir ajuda dos vereadores. Nesta terça feira, ele deu entrevista na Rádio Cidade ...
Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions