A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

10/04/2014 13:24

PR exige vice e espaço no 1° escalão para definir aliança em MS

Leonardo Rocha
Londres ressaltou que agora está disponível para negociar aliança, decisão deve ficar para o dia 5 de maio (Foto: Arquivo)Londres ressaltou que agora está disponível para negociar aliança, decisão deve ficar para o dia 5 de maio (Foto: Arquivo)

O presidente estadual do PR, o deputado Londres Machado, afirmou após a reunião da legenda, na Assembleia Legislativa, que o PR vai exigir a vaga de vice, aliança com o partido escolhido na proporcional, além de participação no primeiro escalão, para definir o apoio nesta eleição. A data da divulgação dessa escolha será dia 5 de maio, em evento em Campo Grande.

“Nós iremos convocar todos os prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e deputados para este encontro que deve ser marcado pelo debate sobre esta parceria, a partir de agora nós abrimos oficialmente o diálogo com os pré-candidatos ao governo”, destacou ele.

O encontro estadual do PR será no dia 5 de maio, na Assembleia Legislativa, a partir das 10h. Ele deve reunir de 300 a 400 pessoas. 

Londres ponderou que com Nelsinho Trad (PMDB) o partido só conversou no ano passado, não mantendo diálogo depois, já com o senador Delcídio do Amaral, ele ressaltou que existem conversas desde o início de 2014. “Vamos avaliar as propostas e decidir o que é melhor para nós”.

O deputado ressaltou que ainda não foi definido o nome do candidato a vice, já que antes é preciso fechar a aliança. “Temos ótimas opções, mas esta decisão será em conjunto, pode ser eu, o deputado Paulo Corrêa, o ex-prefeito Dirceu Lazarini, a vereadora Grazielle Machado”.

O presidente do PR deixou claro que a aliança será de partido a partido e não uma escolha de nomes. “O PR me possibilitou a oportunidade de conversar com os outros partidos e assim vou fazer, estamos disponíveis para o diálogo”.

Reeleição – Londres garantiu que não será candidato a reeleição neste ano, já que seu “patrimônio” político será repassado para sua filha, a vereadora Grazielle Machado, que será a sua candidata a deputada estadual.

“Não serei candidato, depois de 44 anos de mandato deixo este patrimônio para Grazielle, que nós conquistamos com muito trabalho e apoio das pessoas que sempre estiveram ao nosso lado”.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions