A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

22/02/2017 11:04

Prefeito dá bronca em colunista e reclama de pressão por nomeações

Dácio Corrêa, diretor de centro municipal de múltiplo uso, viajou indevidamente para o Rio de Janeiro, disse Marquinhos

Mayara Bueno e Richelieu de Carlo
Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad. (Foto: Richelieu de Carlo).Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad. (Foto: Richelieu de Carlo).

Viagem de Dácio Corrêa, colunista social recentemente nomeado para dirigir um centro de múltiplo uso de Campo Grande, ao Rio de Janeiro (RJ) rendeu bronca por parte do prefeito, Marquinhos Trad (PSD), nesta quarta-feira (22). Ele determinou o retorno imediato do servidor e emendou: “A maior dificuldade que estamos tendo (na Prefeitura) é com seres humanos. A maior pressão que estou sofrendo”.

Marquinhos está na Câmara Municipal, nesta manhã, onde acompanha audiência de prestação de contas do Executivo. Em relação a Corrêa, sua nomeação, retroativa ao início de janeiro, foi publicada nesta semana no Diário Oficial do Município, sendo ele no dia seguinte flagrado na capital carioca e não cumprindo expediente no Centro Múltiplo Uso “O Picolé”, no Estrela do Sul, bairro da região norte de Campo Grande, função para a qual foi nomeado com salário de R$ 8 mil mensais.

“Liguei para ele e pedi para voltar imediatamente do Rio de Janeiro, pois não havia motivos de trabalho para ir pra lá”, afirmou o prefeito, reclamando em seguida sobre o que classificou como principal problema na gestão municipal. “A maior dificuldade que estamos tendo é com seres humanos. A maior pressão que estou sofrendo”.

De acordo com Marquinhos, muita gente procura a prefeitura pedindo cargos, inclusive de chefia, em Ceinfs (Centro de Educação Infantil) e escolas, por exemplo.

Casos como este, além dos pedidos de emprego, o leva a querer uma auditoria interna no quadro de funcionários da prefeitura. A ideia seria para descobrir onde cada um está lotado, entre outras informações, mas, o custo disso seria alto.

“As pessoas pegam no pé sobre a situação financeira, mas estou tendo mais problemas com o pessoal. Dívida administrativa você paga, mas estou pressionado por pessoas que querem cargos”. Marquinhos, no entanto, não comentou sobre eventual exoneração do colunista.

Em nota, Dácio Corrêa confirma que foi ao Rio, pois tinha um compromisso na cidade, já que cobre o Carnaval de lá todos os anos. Afirmou, ainda, que optou por não informar à imprensa por se tratar de assunto particular.

Confira a nota na íntegra:

Venho por meio deste informar que ontem (21) precisei me ausentar da cidade por conta de um compromisso particular já assumido antes de tomar posse como servidor da Prefeitura de Campo Grande. Por se tratar de um assunto particular, optei por não informar à imprensa, quando questionado se estaria ou não na cidade.

Há muitos anos faço a cobertura do Carnaval do Rio de Janeiro. Por isso, precisei ir até o município para fazer o credenciamento de imprensa, que precisa ser feito pessoalmente. No sábado, ponto facultativo em Campo Grande, retornarei para o Rio de Janeiro, onde fico durante o feriado, retornando normalmente ao trabalho na quarta-feira. Informo ainda que este dia ausente será descontado da minha remuneração, conforme acordado com o setor de recursos humanos.

Estou à frente do Centro Multiuso O Picolé há 50 dias e trabalhando intensamente para garantir melhorias para os 280 moradores atendidos. Neste período, além de toda organização do local, garantimos recurso para melhorar a estrutura do prédio.

O nosso diálogo com parlamentares garantirá diversas emendas, que possibilitarão a construção de piscina, cobertura da quadra e salas novas para atividades físicas. As emendas, total de R$ 880 mil, serão destinadas pelo senador Pedro Chaves, deputados federais Dagoberto Nogueira, Luiz Henrique Mandetta e Vander Loubet e estadual, Beto Pereira.

Também estamos implantando novos cursos, incluindo culinária e futebol. O nosso trabalho pode ser acompanhado por meio das redes sociais: Facebook: Centro Multiuso “O Picolé” e CMU Picolé; e Instagram: @espacoculturalpicole.

Dácio Corrêa – Diretor-presidente do Centro Multiuso “O Picolé”




Fraco, muito fraco; esse Cidadão nem completou 90 dias como Prefeito e já esta reclamando.Tem que ter pulso firme, exonera o cidadão que descumpriu as suas ordens de se manter no expediente ao qual ele tem um salário alto. este funcionário não esta nem ai com o chefe. Marquinhos se você não aguenta pede para sair.
 
Verissimo em 22/02/2017 16:05:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions