A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

22/02/2015 10:55

Prefeitos de MS irão se reunir para discutir queda de impostos

Leonardo Rocha
Presidente da Assomasul, Juvenal Neto, diz que prefeitos reclamam do aumento de despesas e quedas de impostos (Foto: Alcides Neto)Presidente da Assomasul, Juvenal Neto, diz que prefeitos reclamam do aumento de despesas e quedas de impostos (Foto: Alcides Neto)

Os prefeitos de Mato Grosso do Sul irão se reunir na próxima terça-feira (24), a partir das 9h, para discutir diversos temas, entre eles a queda de impostos em função do governo federal, assim como o pagamento do piso salarial dos professores. Este encontro que irá ocorrer na Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

De acordo com o presidente da entidade, Juvenal Neto, as prefeituras estão reclamando que não conseguem honrar os compromissos, com o aumento de despesas e diminuição de repasses federais, mesmo com ações na saúde pública, que não estão entre suas atribuições.

Neto explicou que existem municípios que investem até 30% da sua receita no setor, comprometendo a mesma, apesar de serem obrigadas em lei a aplicar apenas 15% na saúde, mas que pelas demandas da população, precisa ter um foco maior.

Eles também destacam a queda de transferências como o ICMS (Imposto sobre Circulação de Serviços) e FPM (Fundo de Participação dos Municípios), apontados como o principal motivo da crise financeira.

Em relação a compromissos como o piso salarial dos professores, assim como revisão de vencimentos, em função do aumento do salário mínimo, acabam complicando ainda mais a situação. "As perspectivas não são boas porque a economia nacional está em retração, como o próprio governo federal admite”, disse Neto.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions