A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

24/06/2013 07:56

Presidente da CPI da Assembleia espera participação popular na investigação

Leonardo Rocha
Presidente quer participação popular por meio de denúncias e acompanhamento dos trabalhos (Foto: João Garrigó)Presidente quer participação popular por meio de denúncias e acompanhamento dos trabalhos (Foto: João Garrigó)

O presidente da CPI da Saúde da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Amarildo Cruz (PT), espera que a população participe dos trabalhos e ações da comissão. De acordo com ele, as pessoas devem acompanhar os trabalhos e fazer denúncias sobre irregulares nas unidades de saúde. O deputado destacou que a principal reivindicação dos manifestantes em Mato Grosso do Sul foi a melhoria na saúde pública. Ele espera que o relatório final da CPI atenda aos anseios da população, para que esta volte a confiar na classe política.

Amarildo afirmou que além apontar os responsáveis pelas irregularidades, a comissão precisa indicar o que deve ser mudado no setor. "Não adianta apenas punir os culpados, mas sim mostrar que caminho devemos seguir a partir de agora", explicou ele. O deputado salientou que os protestos em todo país irão gerar uma fiscalização mais "severa" sobre os atos do executivo e legislativo. "Teremos um controle social sobre o poder público, as pessoas vão acompanhar de perto suas ações", enfatizou.

A CPI da Saúde está recebendo denúncias através do e-mail (cpisaude@al.ms.leg.br) e vai postar na internet todos os vídeos relacionados a reuniões e depoimentos da comissão. Os deputados também resolveram promover ações simultâneas na Capital e no interior, com o objetivo de ouvir a população sobre o tema. "Iremos aproveitar para registrar as denúncias", destacou Amarildo.

Trabalhos - A CPI irá promover reunião hoje em Dourados, a partir das 15 horas, onde irá ouvir o depoimento do atual secretário municipal de saúde, dos ex-secretários da pasta de gestões anteriores e de conselheiros municipais de saúde. Está prevista para próxima quinta-feira a reunião com o secretário municipal de saúde de Campo Grande, Ivandro Correa Fonseca.

A CPI da Saúde da Assembleia investiga o repasse de recursos do SUS (Sistema Único de Saúde) dos últimos cinco anos para as unidades de saúde de Mato Grosso do Sul. Nesta lista está às cidades de Campo Grande, Corumbá, Paranaíba, Dourados, Três Lagoas, Jardim, Coxim, Aquidauana, Nova Andradina, Ponta Porã e Naviraí.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions