A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/02/2011 12:12

Projeto de aumento nas categorias do IPTU será apresentado no fim do ano

Ricardo Campos Jr. e Paulo Fernandes

Imíveis serão classificados entre 35 novas categorias

Vereadores retomaram o trabalho nesta quarta-feira. Vereadores retomaram o trabalho nesta quarta-feira.

O projeto que cria novas divisões para imóveis para calculo do IPTU deve ser apresentado somente no final do ano junto com a proposta de IPTU 2012. As informações são do prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, durante sessão solene que marcou o início do ano legislativo na Câmara Municipal.

Segundo ele, a apresentação tem que ser feita este ano para ser aplicada no próximo. Se trata de um projeto complexo que, de acordo com Nelson Trad, aumenta de 15 para 35 novas categorias, corrigindo, com isso, distorções atuais no imposto.

O valor a ser considerado no cálculo, segundo Nelson Trad, não vai ultrapassar o valor de venda. “Nenhum carnê do IPTU tem valor igual ou superior ao valor de venda do imóvel”, disse o prefeito.

Hoje os imóveis são classificados em apenas 5 níveis: precário, popular, médio, fino e luxo. Com a mudança, a diferenciação será entre 15 faixas. Serão criadas 3 subcategorias em cada uma das 5 classificações atuais.

Haverá o padrão inferior, médio e superior, dentro de cada grupo já existente. Por exemplo: fino inferior, fino médio e fino superior.

A ideia foi apresentada no fim do ano passado à Câmara Municipal, como parte do acordo para a aprovação do projeto do IPTU para 2011.

Atualmente, existe uma diferença grande de preços dos imóveis da forma como são classificados. O valor pode ser 3 vezes maior, apenas de um padrão para o seguinte. Com a reclassificação, a prefeitura cria valores intermediários, por isso a possibilidade de redução para os moradores.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions