A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

21/07/2013 17:00

Projeto obriga mototaxistas a instalarem “taxímetros” em Campo Grande

Leonardo Rocha
Vereador destaca que uso de taxímetro torna a cobrança da corrida mais justa (Foto: divulgação)Vereador destaca que uso de "taxímetro" torna a cobrança da corrida mais justa (Foto: divulgação)

O projeto do vereador Alex do PT obriga os mototaxistas a instalarem “taxímetros” para que as corridas tenham um preço justo e não fiquem apenas no “achômetro”. De acordo com a proposta, esta medida irá tornar a relação do usuário com o profissional mais confiável, sem que haja desconforto na cobrança do valor.

Caso seja aprovado, o mototaxista terá que instalar o aparelho na parte dianteira do veículo, próximo ao velocímetro. “Este (taxímetro) será lacrado e aferido pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, qualidade Tecnologia) para que não haja manipulação”, diz o projeto.

De acordo com o vereador, a prefeitura ficará responsável por definir os valores da corrida e os critérios da cobrança. O executivo também deve contribuir com os profissionais, deduzindo taxas e tributos anuais, dando "condições"  para que eles instalem o aparelho.

Alex do PT garantiu que os usuários e os mototaxistas foram consultados sobre a proposta e que esta era uma reivindicação de ambas as partes. Se os vereadores aprovarem o projeto e o prefeito Alcides Bernal (PT) sancionar a lei, a proposta entrará em vigor assim que for publicada.



Realmente seria ótimo os taxímetros, tem muitos mototaxístas que abusam mesmo no preço, uma vez pedi um mototáxi da minha casa ao meu trabalho é exatamente 10km o moço me cobrou 12 reais no outro dia pedi outro do terminal ao meu serviço apenas 2km e o rapaz teve a cara de pau de me cobrar 8 reais... Absurdo
 
José Rocha em 22/07/2013 23:56:11
GOSTARIA DE SABER QUAIS OS MOTOTAXISTAS QUE FORAM CONSULTADOS POR QUE EU NÃO FUI, E SE O VEREADOR CONSULTOU O SINDICATO PIOR AINDA POIS O SINDICATO NÃO REPRESENTA A CLASSE FAZ TEMPO;
OS VEREADORES DEVERIAM SE REUNIR COM TODA A CLASSE PARA SABER DAS VERDADEIRAS DEFICIÊNCIAS DO SERVIÇO, É POR QUE TEM DISPARIDADES DE PREÇOS NAS CORRIDAS.
 
RONY DE OLIVEIRA em 22/07/2013 16:33:27
Tem que colocar mesmo, existem alguns mototaxistas que cobram valores bem fora da tabela e cada 01 cobra valores diferentes
 
Andre Maciel em 22/07/2013 11:27:31
Temos que respeitar todas as profissões, mas o taxímetro vai ser bem vindo, pegar um moto taxi da praça Ari coelho até no shopping Campo Grande, ficar em torno de 8 a 9 reais, falo por que sempre pegava, até então descobrir que de táxi saindo do mesmo lugar fica 10 ou 11 reais....Pois no táxi não tem como mentir taxímetro é certo e precisa da vistoria da agetran , fica a dica.....
 
Lenita Santos em 22/07/2013 06:32:46
Tudo bem que seria muito bom para ambas as partes, mas o vereador não pesquisou como os mototaxistas " dono" cobra a diária de seu auxiliar que tem que trabalhar até 11 horas por dia para pode pagar e continuar trabalhando correndo riscos neste transito de Campo Grande, espero que os vereadores possam analisar bem este projeto a fundo e ir as ruas vê o que as pessoas e os mototaxistas dizem.
A e outra porque o vereador não vai até a a agetran ver como os amarelinhos tratam os mototaxistas no dia a dia, pois somos tratados como se fosse vagabundos, aonde multam a gente por qualquer coisa, se escondem atrás das coisas para multarem não só a gente mas os outros condutores também, eles pensam que são Deus e saem pelas ruas fazendo o que eles querem, parecem donos das ruas.
 
EDUARDO DE ANDRADE GOMES em 21/07/2013 20:02:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions